HTC vai mudar a sua estratégia para o próximo ano

De acordo com o presidente da HTC Taiwan, Darren Chen, HTC planeja adotar uma nova abordagem em 2019. Em particular, a empresa pretende rever a estratégia de marketing para seus smartphones de gama média e alta.

O ano de 2018 terminará em poucos dias. Para as marcas, agora é o momento de rever a estratégia para melhor aproveitar as oportunidades de mercado. Enquanto alguns não desejam mudar nada, outros consideram adotar uma nova política. Em relação à HTC, parece que a empresa taiwanesa pretende introduzir uma nova abordagem no próximo ano.

Segundo Fonearena, o presidente da HTC Taiwan indicou que a empresa pretende voltar à vanguarda do cenário de smartphones durante o primeiro semestre de 2019. Para isso, focará mais nas vendas de terminais de gama média e alta. de alcance.

Segundo a mesma fonte, ao mudar de estratégia, a HTC espera poder aumentar a sua quota de mercado e melhorar a sua rentabilidade.

Estenda o ciclo de vida do produto

Entre as soluções que a HTC encontrou para atingir seu objetivo, está a extensão do ciclo de vida dos terminais. Em particular, a empresa continuará lançando seu smartphone U12+ de última geração em 2019. De acordo com Darren Chen, as vendas da versão U12 Life 128GB foram boas, enquanto o primeiro smartphone blockchain da HTC, Exodus 1, está esgotado.

Devido ao sucesso deste último, o fabricante prestará atenção especial aos terminais baseados em blockchain. Quanto ao segmento intermediário, lembre-se que a HTC recentemente levantou o véu do Desire 12. Ele deve estar disponível em meados de janeiro ao preço de 194 dólares.

Uma nova estratégia para a realidade virtual

Como se não bastasse adotar uma nova política de telefonia móvel, a HTC também planeja fortalecer sua presença no campo da realidade virtual.

Além disso, as vendas dos headsets VR da marca aumentaram ultimamente graças à competitividade do Vive Pro e do Vive Focus. A empresa está até considerando transformar sua loja online dedicada Viveport VR em uma plataforma comparável à App Store e ao Google Play.

Artigos Relacionados

Back to top button