Hackers chineses ativam o eSIM do iPhone XS para se conectar ao …

Hackers chineses ativam o eSIM do iPhone XS para se conectar ao ...

Uma equipe chinesa de hackers conseguiu ativar a funcionalidade eSIM no iPhone XS para conectar-se a uma operadora chinesa que ainda não a suporta oficialmente. De acordo com as capturas de tela publicadas, a equipe chinesa de hackers em questão conseguiu fazer com que a funcionalidade eSIM funcionasse e se conectasse à rede da China Unicom em uma variante de Hong Kong do iPhone XS.

Além da rede da China Unicom, o iPhone XS em questão também foi conectado à rede da China Mobile, graças a um cartão SIM tradicional instalado.

Nenhuma operadora de rede móvel na China suporta eSIM. Embora a tecnologia tenha sido testada pela China Unicom quando foi lançada a edição LTE do Apple Watch Series 3, ela foi rapidamente eliminada devido à pressão do governo.

Devido à falta de suporte oficial eSIM das operadoras de rede, a Apple vende uma variante especial do iPhone XS, iPhone XS Max e iPhone XR na China com slots nanoSIM duplos. Em outras partes do mundo, os iPhones de 2018 vêm apenas com um slot SIM físico e usam o eSIM para conectar-se à segunda rede móvel.

Os detalhes são escassos sobre como essa equipe chinesa de hackers conseguiu que o eSIM funcionasse na rede da China Unicom. Também é improvável que eles divulguem esse hack ao público, pois seria então corrigido pela China Unicom. É possível que a China Unicom tenha a tecnologia eSIM pronta e simplesmente não a tenha ativado devido à repressão do governo chinês.

0 Shares