GPS também terá direito à sua revolução

Broadcom apresentou esta semana um novo chip especialmente dedicado ao GPS. Muito promissor, oferecerá precisão chegando a alguns centímetros e os primeiros smartphones equipados devem ser comercializados no próximo ano.

O GPS em nossos telefones funciona relativamente bem na estrada, mas eles mostram rapidamente seus limites ao caminhar e também têm a tendência irritante de consumir muita energia.

Broadcom-GPS

A Broadcom está totalmente ciente das limitações desses chips e, portanto, a empresa pediu a seus engenheiros que trabalhassem em um chip mais preciso e com menor consumo de energia.

BCM47755, um chip GPS mais preciso e eficiente em termos de energia

O BCM47755 é, portanto, capaz de determinar a localização de um dispositivo com precisão imbatível. O chip de fato oferece um raio de ação de trinta centímetros, onde a maioria dos componentes concorrentes oferece uma precisão de cinco metros.

No entanto, este não é o seu único trunfo. O chip também é mais eficiente em termos energéticos e, portanto, consome metade da eletricidade.

Para atingir esses limites, o fabricante operou simultaneamente duas frequências de satélite: L1 e L5. Menos difundido, o segundo destina-se normalmente ao GPS profissional e, portanto, beneficia de uma maior largura de banda com um sinal menos sujeito a interferências.

No entanto, o chip não se limita a essas frequências e, portanto, suporta as frequências E1 e E5 usadas desta vez pelo Galileo. Os dispositivos equipados com este componente serão, portanto, compatíveis com ambas as redes.

Google, Apple e Samsung estão interessados

De acordo com a Broadcom, vários fabricantes demonstraram interesse neste chip, incluindo Google, Apple e Samsung. Melhor, os primeiros telefones compatíveis devem chegar ao mercado no próximo ano e, portanto, não seria surpreendente se o Galaxy S9 estivesse entre os primeiros a integrá-lo.

No entanto, a empresa disse que o chip não se limitará ao mercado de smartphones. Ele também visa o setor de objetos conectados e nossos relógios inteligentes também devem ser capazes de aproveitá-lo.

Por outro lado, a Broadcom não deu mais detalhes e a empresa também não comunicou seu cronograma de lançamento.

Artigos Relacionados

Back to top button