Free Mobile: velocidades máximas teóricas devem disparar até 2019

celular grátis chegou ao mercado em 2012 e a encrenqueira de telecomunicações investiu pesadamente em sua rede e infraestrutura nos últimos anos. Atualmente, oferece um throughput máximo teórico em 4G de 150 Mbps em download mas não deve parar por aí e é precisamente isso que prova este gráfico produzido por um internauta de nome François Trente-Trois.

Se atualmente a operadora pode oferecer essas velocidades, é principalmente graças às suas frequências de 2600 MHz. Dito isso, sua infraestrutura deve evoluir consideravelmente nos próximos anos.

Evolução das velocidades móveis gratuitas

O Free Mobile certamente obterá novas frequências nos próximos meses.

Free Mobile deve dobrar suas velocidades máximas teóricas até 2019

Há o de 700 MHz, é claro, mas outros devem ser transferidos para ele com calma, após a aquisição da Bouygues Telecom pela Orange.

Se acreditarmos nas estimativas dos especialistas, as velocidades máximas oferecidas pelo Free Mobile devem chegar a 375 Mbps em 2019, ainda em download.

Não é ruim no papel, mas a operadora poderia ir ainda mais rápido comprando algumas frequências da Bouygues Telecom.

Seja como for, François Trente-Trois se divertiu fazendo um gráfico para nos ajudar a visualizar o desenvolvimentos velocidades máximas teóricas do Free Mobile nos próximos anos.

Está bastante bem feito e mostra assim os vários marcos alcançados pela Free Mobile ao longo dos últimos anos, particularmente em 2014 com o lançamento do 4G na banda de 2600 MHz.

Além disso, se acreditarmos nesse famoso gráfico, a operadora deve cruzar uma nova etapa este ano, após o mês de abril, ao integrar a faixa de 700 MHz em sua rede. O mesmo vale para a cobertura de rede, que chegará a 80-90% em 3G e 60-85% em 4G antes do final de 2017.

Em suma, no papel, é bastante promissor e essas melhorias devem permitir atrair novos clientes, trazendo de volta aqueles que ficaram muito desapontados com suas velocidades catastróficas e as muitas instabilidades de sua rede.

Artigos Relacionados

Back to top button