Fabricante de campainha inteligente de anel coloca a coleta de dados em espera temporariamente

A empresa de segurança doméstica inteligente Ring era tão popular que a Amazon comprou alguns anos depois do lançamento. Mais popular por sua campainha de vídeo inteligente, a Ring rapidamente encurralou esse mercado e seu nome quase se tornou sinônimo dessa categoria. E então veio a exposição que mostrava como a empresa era rápida demais para compartilhar os dados dos usuários com terceiros. Agora, o Ring suspendeu sua coleta de dados, mas não será para sempre.

A prática de Ring de coletar dados do usuário e entregá-los a outras entidades se enquadrava nos motivos habituais de análise e conformidade com as autoridades. A empresa foi acusada de fornecer com muita facilidade às autoridades informações sobre onde os campainhas Ring estão instalados e por usar seu aplicativo móvel para rastrear usuários e coletar dados fora de casa.

A empresa enfrentou severas reações sobre essas práticas, forçando-a a surgir novos controles que permitiam aos usuários optar por não participar dessa coleta de dados, incluindo solicitações de vídeo da polícia. Aparentemente, isso não é suficiente para apaziguar os usuários existentes, forçando o Ring a repensar toda a sua estratégia. A empresa agora está confirmando que está interrompendo o uso da maioria desses serviços de análise de terceiros, mas existem algumas advertências que os usuários precisam saber.

Por um lado, não será permanente naturalmente. Ring está apenas reavaliando suas opções para implementar um sistema diferente que irá agradar os críticos. Possivelmente também um que eles podem esconder melhor ou pelo menos justificar melhor legalmente. Ring promete que fornecerá controles de privacidade mais fortes quando reiniciar isso.

E há a coleta de dados no celular para anúncios personalizados. Isso ainda continua, apesar da retenção na coleta de dados. Os usuários têm a opção de desativar isso e, de acordo com Ring, esse será o fim de seu rastreamento.

Artigos Relacionados

Back to top button