Exynos 1080, Samsung finalmente lança seu novo chip high-end

Samsung acaba de levantar o véu de um novo chip, oExynos 1080um chip topo de gama que tem a particularidade de ser gravado em 5 nm e integrar o seu próprio modelo 5G.

O mercado de semicondutores está indo bem. A competição é mesmo bastante dura. Ainda mais agora que a Apple lançou seu novo chipset, o muito promissor M1. Um chipset que tem a particularidade de animar os novos MacBook Air, Mac Mini e MacBook Pro de 13 polegadas.

Internautas querem que a Samsung pare de usar chips Exynos – Unsplash Credits

Mas a Apple não é a única interessada neste setor. A Samsung também investiu pesadamente em semicondutores nos últimos anos e a fabricante tem sua própria linha de chips.

Um promissor Exynos 1080

O Exynos 1080 é o mais recente SoC a sair dos seus laboratórios e pretende substituir o Exynos 980 que está presente a bordo de todos os smartphones topo de gama mais recentes da marca.

E claro, a gigante sul-coreana não economizou na parte técnica.

O Exynos 1080, portanto, incorpora uma CPU composta por oito núcleos distribuídos da seguinte forma: quatro Cortex-A78 e quatro Cortex-A55. Tenha cuidado, porém, porque o chip não se limita a dois clusters e, portanto, é composto por três subconjuntos. Portanto, temos um Cortex A78 com clock de 2,8 GHz, três Cortex-A78 com clock de 2,6 GHz e quatro Cortex-A55 com clock de 2 GHz.

No lado da GPU, Smasung optou por recorrer ao muito eficiente Mali G78 MP10, um chip que já é encontrado em muitos SoCs de ponta.

O Galaxy S21 SoC

Como indicado um pouco acima, este SoC também tem a particularidade de transportar seu próprio modem 5G, um modem compatível tanto com Sub-6 GHz quanto com mmWave.

Melhor ainda, como bônus, há também 4G Categoria 18, Bluetooth 5.2, WiFi 6 e até Rádio FM.

Bom, mas na prática, o que dá? O Exynos 1080 pode suportar sensores de 200 MP ou até sensores duplos de 32 MP e 4K a 60 quadros por segundo. Ele também suporta LPDDR4X e LPDDR5, bem como UFS 3.1. Também poderá descontar telas QHD+ em 90 Hz ou telas Full HD+ em 144 Hz.

Previsto para o início de 2021, o Exynos 1080 deve logicamente dar seus primeiros passos com o Galaxy S21. Galaxy S21 esperado a partir de janeiro. Desta vez, a Samsung teria de fato optado por um lançamento antecipado para pegar seus concorrentes desprevenidos.

Artigos Relacionados

Back to top button