Estudo constata que dieta que imita o jejum pode reverter a inflamação intestinal

O jejum é uma tendência importante no mundo das dietas no momento, particularmente o jejum intermitente, que envolve comer apenas dentro de um pequeno período de tempo. Vários benefícios à saúde relacionados ao jejum foram identificados por pesquisas anteriores, e agora um novo estudo descobriu que consumir uma dieta que “imita o jejum” pode ajudar a aliviar os sintomas e reverter os danos da doença inflamatória intestinal (DII).

A doença inflamatória intestinal é uma doença que abrange condições que incluem a doença de Crohn e colite ulcerosa. Essa condição pode reduzir bastante a qualidade de vida do paciente, mas uma nova pesquisa da Universidade do Sul da Califórnia descobriu que uma dieta de baixa caloria pode ajudar a reverter a condição.

De acordo com o estudo, os ratos submetidos a uma dieta de jejum experimentaram uma redução na inflamação intestinal, bem como um aumento nas células-tronco intestinais. Em um grupo de camundongos que consumiram a dieta de jejum por quatro dias antes de retomar uma dieta normal (repetindo esse processo por dois ciclos), os pesquisadores observaram que alguns sintomas e problemas de DII foram revertidos e outros foram mitigados.

A dieta em si parece ter desempenhado um papel vital nesse processo, pois os ratos que foram submetidos a um jejum apenas com água não tiveram o mesmo grau de benefícios. Segundo o estudo, isso pode significar que alguns nutrientes da dieta de imitação contribuem para melhorar a inflamação. Submetidos a vários ciclos da dieta de imitação de jejum, resultaram em maiores taxas de ativação de células-tronco e regeneração de cólon.

O que exatamente é uma dieta que imita o jejum? Estes são planos de refeições que envolvem alimentos de baixa caloria, baixa proteína e vegetais. O autor do estudo Valter Longo explicou:

Determinamos que os componentes da dieta estão contribuindo para os efeitos benéficos … É realmente notável que nos últimos 100 anos de pesquisa sobre restrição calórica, ninguém reconheceu a importância da realimentação. Restrição é como uma demolição onde você destrói o prédio. Mas você precisa reconstruí-lo. Se você não fizer isso, não há benefício. Você fica com um lote vazio, e o que você conseguiu?

O estudo mais recente, combinado com pesquisas anteriores, indica que uma dieta que imita o jejum pode ter efeitos benéficos semelhantes para a saúde de humanos que sofrem de DII (ou que simplesmente comem dietas de baixa qualidade e desejam atenuar alguns dos danos). No entanto, um ensaio clínico randomizado será o próximo passo para determinar se esta dieta é eficaz e segura como uma opção de tratamento em humanos.

Artigos Relacionados

Back to top button