Estudo científico finalmente revela o movimento certo para o swing de golfe perfeito

Os pesquisadores também estão interessados ​​em muitas atividades diferentes, como esportes. Muito recentemente, um grupo de cientistas trabalhou com a federação francesa de golfe para poder modelar o swing em três dimensões. Isso aconteceu para trazer mais performance e fazer alguns estudos de saúde.

Para desenvolver seu experimento, os pesquisadores usaram uma sala escura equipada com inúmeras câmeras, vários equipamentos eletrônicos e um voluntário. Tudo aconteceu nas dependências do Instituto de Biomecânica Humana Georges-Charpak, em Paris.

swing-golfe

Este não é um experimento fútil, existem muitas razões específicas pelas quais os pesquisadores investiram tempo e dinheiro para alcançá-lo.

Os cientistas tiram todas as paradas

Para começar, os pesquisadores identificaram as zonas anatômicas do jogador para colocar um sensor em cada uma delas. 88, ao todo. Sensores capazes de refletir a luz infravermelha emitida por uma dúzia de câmeras espalhadas pela sala.

Feito isso, torna-se possível medir o potencial elétrico dos músculos emitido durante sua contração a partir do sistema marcador/câmera e sondas eletromiográficas (EMG).

Os cientistas também trabalharam em vários parâmetros para que a modelagem 3D ficasse o mais próximo possível da realidade. Assim, eles fizeram um estudo sobre as forças acumuladas no solo antes de passar para a calibração do modelo analisando as articulações, as contrações dos músculos e as amplitudes.

Minimize o risco de lesões e identifique os movimentos certos

Ao mesmo tempo, fizeram um estudo aprofundado do esqueleto, massa e articulação do corpo para aprender mais sobre o gesto. Isso torna possível definir os meios de evitar o risco de lesão tanto quanto possível.

O papel do voluntário é fazer nada menos que 40 balanços. Primeiro, o caminho natural e depois o segundo para adicionar um pouco mais de esforço. As trajetórias da bola são medidas por um sistema de radar. Os dados recebidos por este último serão usados ​​pelo software para mostrar a comparação entre os movimentos do homem para um tiro perdido e acertado.

Esta informação é ansiosamente aguardada por treinadores e jogadores de golfe.

Artigos Relacionados

Back to top button