Esta IA prevê o impacto de doenças no corpo humano

EU’inteligência artificial (IA), por meio da ferramenta TDAExplore, hoje possibilita inovar no campo da saúde. Desejando tratar seus pacientes da melhor forma possível, os profissionais médicos devem abraçar as diferentes Avanços tecnológicos.


Um robô apresentando uma droga

Graças à IA, os cientistas finalmente conseguiram detectar os impactos das doenças no corpo humano.

Para obter bons resultados, este último tomou a iniciativa de vincular IA para topologia. Assim, o já excelente TDAExplore está agora em esteróides.

TDAExplore: o que há de mais moderno em imagem

Se a IA possibilitou ajudar os médicos no tratamento de seus pacientes, é graças a uma ferramenta imagembatizado ” TDAExplore “. Isso analisa como as células são transformadas durante a doença. Além disso, agora é possível saber o momento das transformações.

De acordo com Dr. Eric Vitríolobiólogo celular e neurocientista do Medical College of Georgia, este é um avanço notável na área médica:

Nós pensamos issoé progresso interessante dentro usar computadores para nos dar novas informações sobre como os conjuntos deas imagens são diferentes umas das outras. »

Quando o TDAExplore é impulsionado com topologia

Ferramentas básicasAprendendo automático exigem centenas de imagens para a prática. Por outro lado, o novo sistema implantado funciona com apenas alguns fotos de alta qualidade. Alguns minutos são suficientes para assimilar informações cruciais.

Embora os computadores tenham ajudado a melhorar o setor médico, a IA leva as coisas ainda mais longe. Na verdade, ele assimila dados muito melhor do que os seres humanos. A aliança da IA ​​no topologia então cai na hora certa.

Esta iniciativa foi tomada pelo Dr. Vitriol e pelo Dr. Peter Bubenik, PhD, matemático da Universidade da Flórida e especialista em análise de dados topológicos. Eles decidiram integrar o microscopiatopologia e IA para entender melhor o impacto das doenças nos seres humanos.

Concretamente, TDAExplore mostra como o As fotos do células diferem das imagens de treinamento e imagens normais. Graças a essas informações detalhadas, os pesquisadores poderão optar por novas perspectivas de pesquisa.

“Queremos trazer a objetividade do computador e um grau mais alto de reconhecimento de padrões para a análise de imagens. »

Dr. Eric Vitriol

Esta inovação é bem-vinda no tratamento de Covid-19. Se o TDAExplore funcionar tão bem quanto nossos dois pesquisadores, então o mundo terá um fardo a menos para lidar.

Artigos Relacionados

Back to top button