Embora em “nuvem” no Switch, Dying Light 2 adiado na Nintendo

A Techland anunciou que Dying Light 2 não vai acontecer em Trocar ao mesmo tempo que as outras versões do jogo, no entanto, a versão oferecida no console Nintendo não será viável a não ser na nuvem, tornando esse adiamento um tanto curioso.

O bom desempenho técnico da primeira parte no Switch pode dar esperança para uma sequência trazida com tanto esforço. No entanto, foi rapidamente confirmado que se o Switch receberia Dying Light Humano 2 Estrelasseria apenas uma questão de uma versão jogável em “nuvem”, ou na nuvem.


A boa notícia com esse tipo de anúncio é que nenhuma concessão é feita para permitir que o público do Switch desfrute da mesma experiência que todos os outros. A má notícia é que exige que esses jogadores tenham uma conexão estável e de qualidade para manter o jogo fluido, sem falar nas filas para observar.

Dying Light 2 adiado no Switch: o lançamento ocorrerá dentro de seis meses

Neste ponto, basta dizer que os jogadores do Switch não esperam mais muito do Dying Light 2, cuja própria produção assumirá a forma de um pequeno milagre. Na quarta-feira, seu desenvolvedor Techland, no entanto, conseguiu criar decepção na falta de entusiasmo. Assim, enquanto Dying Light 2 a ser lançado na sexta-feira, 4 de fevereiro de 2022 no PC, Switch, PlayStation 4 e 5, Xbox One e Series X/S, o título perderá o início na Nintendo.

“A Techland pretende entregar o jogo à família Nintendo Switch dentro de seis meses da data original”.

As explicações para este adiamento são muito vagas, se não totalmente, dadas pela Techland, que se contenta em dizer que esta decisão foi tomada “para fornecer aos fãs a experiência de jogo no nível que eles merecem e que a Techland deseja fornecer”.

Este atraso máximo de seis meses teria sido completamente compreensível se a Techland tivesse suado litros de suor para obter Dying Light 2 nas unhas do Switch. Mas fazer com que os potenciais compradores de jogos “streaming” esperem não incentiva a clemência. Acrescentamos que se Dying Light 2 seguindo o triste exemplo de ao controle e assassino de aluguela ficha da eShop não deve fazer menção ao preço do passe de acesso, necessário para jogar o jogo além do período de teste gratuito.

Fonte: VGC

Artigos Relacionados

Back to top button