EA Sports deve mudar o nome da franquia ‘FIFA’ para ‘EA Sports FC’

Em breve poderemos saber o desfecho da longa novela entre a editora Electronic Arts e a organização FIFA. Após vários meses de retornos de bola consecutivos e declarações semi-hostis, os dois grupos estão prestes a não renovar seu acordo sobre o uso da marca FIFA para a franquia de jogos de futebol. De qualquer forma, é isso que o jornalista Jeff Grubb argumenta em seu podcast GrubbSnax. Sempre muito bem informado, o insider sugere que a editora americana pretende seguir sozinha no futuro.

Artes eletrônicas

EA Sports e FIFA, nada vai

Assim, a Electronic Arts teria decidido abandonar o nome FIFA em favor de um novo título para sua franquia de simulação de futebol. Os futuros jogos de futebol da editora seriam então chamados de EA Sports FC, em uma nomenclatura semelhante à de sua franquia de simulação de golfe EA Sports PGA Tour. Uma espécie de EA “buffer” que está bem ciente de que a popularidade de sua franquia de jogos de futebol supera a do nome aposta na jaqueta.

O conflito entre EA e FIFA começaria a partir da renegociação do contrato para a próxima década. A federação de futebol teria então pedido uma quantia muito superior ao acordo anterior para a utilização da marca FIFA nos jogos da Electronic Arts… Uma quantia que esta última, portanto, não pretendia pagar. Ultrapopular, a série de futebol da EA certamente não precisa do selo da FIFA para vender como bolos quentes – especialmente porque seu desaparecimento não alteraria de forma alguma a grande maioria do conteúdo do jogo.

O uso da marca FIFA diz respeito, concretamente, à presença do visual, do vestir e da menção à Copa do Mundo… E isso é tudo. Seja a imagem e o nome dos jogadores, ligas e estádios, tudo isso depende de outros acordos feitos com terceiros, sejam clubes ou sindicatos. Se FIFA 23 fosse lançado com a presença do modo Copa do Mundo, futuros jogos da franquia poderiam marcar um novo começo para a marca EA Sports…

Artigos Relacionados

Back to top button