DOI dos EUA apóia 800 drones e lança sonda sobre risco de espionagem

DOI dos EUA apóia 800 drones e lança sonda sobre risco de espionagem

O Departamento do Interior dos EUA, a agência que supervisiona as terras e os recursos naturais federais, aterrou sua frota de mais de 800 drones devido a preocupações de que possam ser uma vulnerabilidade de segurança. Segundo relatos recentes, as autoridades citaram preocupações com os drones fabricados na China, bem como com os drones que apresentam componentes fabricados no país. A decisão é a mais recente de uma longa linha de preocupações com segurança sobre os aparelhos chineses.

As notícias sobre a decisão do DOI vêm do, que relata que o secretário do Departamento do Interior, David Bernhardt, deu a ordem para aterrar a frota e iniciar uma investigação sobre possíveis vulnerabilidades de segurança introduzidas pelos drones. A frota pode retornar aos céus quando a investigação terminar, dependendo do que encontrar.

No cerne da questão, de acordo com o relatório, estão as preocupações com o hardware fabricado na China e seu potencial para facilitar a espionagem. O Departamento do Interior administra um grande número de territórios federais e recursos naturais, incluindo infraestrutura crítica como barragens.

Os drones são uma excelente tecnologia para pesquisar e monitorar essas grandes regiões abertas, mas há uma desvantagem – as imagens e vídeos que eles capturam podem ser potencialmente usados ​​por governos estrangeiros para coletar informações sobre terras federais. O relatório afirma que funcionários do governo estão preocupados com a possibilidade de a China usar drones fabricados em seu país para esse fim.

Esta não é a primeira vez que preocupações com o hardware chinês – incluindo drones – são levantadas. No início deste ano, um memorando da Agência de Segurança Cibernética e Infraestrutura revelou preocupações dos EUA sobre o risco de segurança representado por esses drones. Além disso, os políticos estão atualmente debatendo uma lei que, se aprovada, proibiria agências do governo de usar drones fora da China.

0 Shares