De acordo com um estudo da Havard, essas 7 dicas podem torná-lo mais perspicaz!

Ainda estamos aqui em 2022, mas devemos admitir que o Covid-19 teve uma série de consequências para uma infinidade de pessoas. Você deve até saber que vários dos que se recuperaram da doença começaram a notar pequenas perdas de memória e muitas vezes se perguntavam se ainda estavam no topo mentalmente.


Um homem segurando um cérebro.

Embora ninguém realmente tenha uma resposta ideal para isso, por enquanto, ainda vamos falar sobre várias soluções aqui que podem ajudar a mente a recuperar sua vivacidade. E se você esteve doente ou não, é impossível não aproveitar! Em primeiro lugar, aqui estão 7 pequenas dicas para energizar seu cérebro de acordo com pesquisadores de Harvard.

1 – Aprenda um novo jogo ou habilidade

Tentar assimilar o funcionamento de um novo jogo ou forjar uma nova habilidade pode ser considerado um excelente exercício para energizar seu cérebro. De fato, esforçar-se para dominar novas atividades – cozinhar ou praticar esportes, por exemplo – estimula as células cerebrais e otimiza sua comunicação. E lembre-se que se você não aprender a fazer bolos, um quebra-cabeça ou Scrabble pode muito bem ajudar a manter sua mente ativa e torná-la mais eficiente.

2 – Confronte seus sentidos com desafios motivadores

De acordo com os resultados do estudo realizado na Universidade de Havard, foi demonstrado de forma natural que quanto mais uma pessoa usa seus sentidos durante o processo de aprendizagem, mais provável é que ela retenha uma memória do que aprendeu. Deve-se dizer que esta é uma excelente maneira de aguçar sua capacidade cerebral.

Os pesquisadores usaram imagens emocionalmente neutras, mas acompanhadas de um cheiro, e as mostraram a um grupo de pessoas de teste. Nenhum detalhe foi dado para permitir que eles se lembrassem do que tinham visto. Um pouco mais tarde, uma série de imagens foi apresentada a eles, desta vez sem os cheiros. O grupo então teve que identificar aqueles que já tinham visto antes.

A observação feita logo em seguida é que as pessoas que participaram desse experimento se lembraram muito bem de todas as imagens associadas a cheiros, principalmente aquelas associadas a cheiros agradáveis. Para dizer mais, saiba que os resultados de imagens cerebrais mostraram que o córtex piriforme era ativado toda vez que os sujeitos viam objetos relacionados a odores que haviam cheirado antes.

3 – Fale alto

Basicamente, para aguçar a mente, uma das atividades mais simples que se recomenda fazer todos os dias é falar em voz alta. De fato, ouvir suas próprias palavras de forma audível, como repeti-las, torna mais fácil para o cérebro captá-las. Além disso, observe que o truque funciona melhor quando você acabou de aprender alguma coisa.

Por exemplo, você notará que ao conhecer uma nova pessoa, o simples fato de repetir seu primeiro nome várias vezes durante a primeira conversa com ela permite associar seu rosto e seu nome. Assim, fica mais fácil e automático lembrar dela e do nome dela nos próximos encontros.

4 – Separe as informações

Outra das melhores maneiras de otimizar as capacidades do cérebro, a fim de recuperar seu estado de alerta, consiste em decompor uma informação em várias partes. Tal processo ajuda a reter tudo com mais facilidade. Por exemplo, para um número de telefone, há pouca chance de lembrá-lo se for considerado um número de 10 dígitos.

Por outro lado, para lembrar um número de telefone com muito mais facilidade (isso também funciona com outros dados), é aconselhável dividi-lo em várias partes. Referindo-se ao estudo de Havard, há uma chance maior de memorizar esse número e lembrá-lo de cor se você usar esse método.

5 – Vincule as novas informações às antigas

Faça um esforço para estabelecer ligações entre novas informações e as já existentes em seu cérebro constituem um truque muito eficaz. Para falar a verdade, o princípio do método funciona como blocos de construção que se encaixam para fortalecer a mente e a memória.

Quando os diferentes dados estão interligados, a probabilidade de que eles se tornem fortes e inquebráveis ​​na mente é maior. Além disso, é mais provável que o cérebro se lembre de informações antigas e novas.

6 – Realize tarefas com a mão menos usada

Embora possa parecer trivial, realizar certas tarefas com a mão oposta é um excelente truque que pode fortalecer efetivamente o cérebro, novamente de acordo com pesquisas realizadas na Universidade de Havard. Esse truque faz com que nosso cérebro se supere mais, o que o torna ainda mais ativo e, portanto, mais dinâmico.

Tentar escovar os dentes, escrever, comer com a mão esquerda se for destro e vice-versa são possibilidades interessantes para testar esta solução. Na verdade, esse tipo de exercício faz com que a mente faça muitas conexões diferentes. Além disso, previne a deterioração de certas funções cognitivas associadas ao avanço da idade.

7 – Cultive uma vida social

Por mais trivial que pareça, saiba que o fato de: conhecer pessoas e vivenciar interações sociais todos os dias; representa um excelente modo de vida para o cérebro. Muito pelo contrário, se você leva uma vida de isolamento social. É também um modo de vida tão triste que geralmente leva à depressão em muitas pessoas.

Por um lado, admitamos que as reuniões são ótimas oportunidades para conversas e debates saudáveis, para conhecer novos fatos e confrontar as próprias opiniões com as dos outros. Em suma, cultivar uma vida social é, portanto, um truque igualmente bom para fortalecer seu cérebro e recomendado pelo mesmo estudo de Havard.

Artigo inspirado em um post do Media Mashable na Índia e algumas pesquisas relacionadas.

Artigos Relacionados

Back to top button