Cybertruck da Tesla é mais bem sucedido do que o esperado

Alguns dias atrás, Elon Musk finalmente levantou o véu sobre o design do Cybertruck, a picape elétrica (há muito aguardada) da Tesla durante uma palestra realizada na Califórnia, Los Angeles. Se você acompanha de perto as notícias da Tesla, sabe que a fabricante vem provocando este novo carro elétrico há vários meses.

Antes desta apresentação oficial, Elon Musk havia indicado que o design da picape era “futurista” e “muito inspirado na ficção científica. Todos os fãs dos veículos Tesla passaram vários meses a tentar adivinhar o design deste carro que prometia ser sensacional. Infelizmente, quando veio a grande revelação do Cybertruck, muitos ficaram desiludidos. Seu design decepcionou muita gente.

Um interior espaçoso para o Cybertruck

A picape de Tesla já foi alvo de trolls da web. No entanto, apesar das críticas que recebeu, este veículo teve um sucesso inesperado. Atualmente, o Cybertruck já está com mais de 200.000 pré-encomendas.

Um zumbido que o beneficia

Como dizemos tão bem: Todos os gostos estão na natureza. Se por um lado há aqueles que não dariam um tostão pela picape elétrica da Tesla, por outro há aqueles que estão prontos para se arruinar por isso.

Como prova, as pré-encomendas para o Cybertruck já subiram para mais de 200.000. O mínimo que podemos dizer diante desses números é que o burburinho gerado pelo design bastante particular do Cybertruck beneficiou a Tesla.

O modelo intermediário está em ascensão

Ao divulgar esses números, a Tesla disse que o modelo médio de motor duplo de US$ 49.900 é o mais popular, com 42% das pré-encomendas.

O próximo é o modelo básico com três motores, que atende 41% das pré-encomendas e custa US $ 39.900. Em último lugar, com 17%, temos o modelo mais topo de gama equipado com um único motor, vendido por 69.900 dólares.

Para dirigir a picape da Tesla, aqueles que fizeram a pré-encomenda precisarão se armar com (muita) paciência, pois o Cybertruck não entrará em produção até 2021.

Artigos Relacionados

Back to top button