Como fazer uma captura de vídeo da tela do seu terminal Android

Em um artigo anterior vimos como usar o ADB em linhas gerais para interagir com um terminal Android. Desta vez, veremos com mais precisão um comando muito específico que deve agradar a muitos de vocês, pois permite fazer um vídeo da tela do terminal Android em questão.

A opção é particularmente útil quando se trata de ilustrar quaisquer observações. Assim, você pode, por exemplo, usar esse vídeo para apresentar um aplicativo ou também enviá-lo por e-mail para mostrar como realizar determinadas ações. Cabe a você pensar no que vai fazer com isso!

andróide

Gravar sua tela é muito fácil

Para gravar a tela, usamos um programa instalado como padrão nos terminais Android: screenrecordum programa de linha de comando que você pode acessar por meio do comando shell da ADB.

Como exemplo prático valerá muito mais do que uma explicação longa e tediosa, faça todo o necessário para poder acessar seu terminal via ADB (vimos no artigo anterior) e abra um terminal para inserir os comandos corretos.

Como já havia dito anteriormente não especificarei aqui o terminal utilizado nos comandos que mostro. Em outras palavras, meus comandos estarão todos na forma adb nom-de-la-commande. No entanto, se você tiver vários terminais conectados, você terá que selecionar o correto através da opção -smas isso já vimos.

Comece executando o comando adb shell. Isso terá o efeito de modificar seu prompt de comando: a partir de agora, os comandos que você digitar serão executados no terminal Android em questão.

É opcional, mas você já pode começar movendo para a pasta onde deseja salvar o vídeo, normalmente uma subpasta de /sdcard : cd /sdcard/mon-dossier-avec-mes-videos-de-chatons.

Então vamos iniciar a gravação com o comando screenrecord. Você deve dar a ele um nome de arquivo onde salvar o vídeo. O caminho especificado pode ser relativo ou absoluto. Se eu quiser salvar meu vídeo como “test.mp4” e armazenar o arquivo na pasta atual (para onde me mudei com o comando anterior), basta digitar screenrecord test.mp4.

A gravação então começa. Nada é exibido: basta jogar com seu smartphone e realizar as ações que deseja gravar. Depois de terminar seu vídeo, use a combinação de teclas Ctrl + C que irá parar a gravação. Parabéns, seu vídeo está pronto!

Recuperar vídeo

Atualmente o vídeo existe e está armazenado em seu terminal. É claro que você pode reproduzi-lo lá, mas também pode recuperar o vídeo no seu computador. Para fazer isso, saia do shell do terminal usando o comando exit e simplesmente pegue o arquivo que você acabou de criar com o comando adb pull fichier. No exemplo anterior, posso recuperar o vídeo com adb pull /sdcard/mon-dossier-avec-mes-videos-de-chatons/test.mp4. Ele será então armazenado na pasta atual do computador.

Algumas opções

Se você está apenas gravando o vídeo e não fazendo mais nada no seu terminal, pode ser um pouco chato ter que digitar três comandos diferentes (iniciar shell, gravar vídeo, sair do shell). Você pode resumi-los em um através do comando adb shell screenrecord /sdcard/videos/test.mp4 e, em seguida, recupere o vídeo como antes. Esse modo de operação também funciona muito bem com as opções que veremos.

Primeira opção: o limite de tempo. Se você sabe com antecedência por quanto tempo deseja gravar e se deseja evitar a combinação Ctrl + Cbasta especificar a duração do vídeo em segundos por meio da opção --time-limitassim : screenrecord --time-limit 45 test.mp4 para um vídeo de 45 segundos. Observe que, por padrão, esse limite é definido como 180 segundos.

Se você deseja controlar a qualidade do vídeo, é bem possível através da opção --bit-rate que é definido por padrão para 4 Mbps. Novamente, apenas forneça o valor após a opção: screenrecord --bit-rate '2M' test.mp4.

Última opção que veremos aqui: as dimensões do vídeo que são definidas através do argumento --size. Por exemplo, se eu quiser um vídeo de 640×480 pixels, posso digitar screenrecord --size '640x480' test.mp4. Observe que a tela não é cortada: o vídeo é redimensionado e bordas pretas são adicionadas, se necessário. Por padrão, o vídeo assume as dimensões da primeira tela exibida: se você iniciar o vídeo no modo retrato em um terminal com resolução de 1920 × 1080 pixels, obterá um vídeo de 1080 × 1920 pixels. Daí o peso imponente do arquivo que você certamente notou…

É claro que é bem possível combinar várias opções. Por exemplo, se eu quiser um vídeo pequeno e curto, com qualidade reduzida, posso digitar screenrecord --size '640x480' --bit-rate '2M' --time-limit 10 test.mp4.

E o Android Wear?

É totalmente possível jogar com ADB no Android Wear. No entanto, gravar a tela é um pouco mais complicado e você terá que passar por um arquivo RAW, com o peso que o acompanha. Veja como: screenrecord --o raw-frames test.raw. Em seguida, obtenha seu arquivo como antes e converta-o usando um programa dedicado, como mplayer por exemplo.

Foto: Kham Tran

Artigos Relacionados

Back to top button