Cinco coisas para saber sobre o Zune 2…

Bem, o Zune 2 está apontando cada vez mais para a ponta do nariz. Portanto, é um bom momento para voltar um pouco em seus recursos e ver o que a Microsoft planejou para frustrar os planos diabólicos da Apple. E deve-se admitir, o novo jogador da firma de Redmond tem alguns truques na manga…

1. Sincronização por WiFi: Um bom ponto para a empresa de Redmond, seu novo Zune pode ser sincronizado por WiFi. Portanto, bastará colocá-lo em sua base para recuperar toda a música presente em sua máquina. Observe também que circulam rumores na rede e que também seria uma questão de sincronização entre Zunes.

2. Suporte a podcasts: Neste, a Microsoft está um pouco atrasada, mas já é bom que eles estejam começando. O Zune 2 será, portanto, compatível com as técnicas atuais de podcasting e não vamos reclamar disso. Especialmente porque o Zune Marketplace oferecerá um catálogo relativamente completo nessa área.

3. Integração com o Windows Media Center: A Microsoft parece estar cada vez mais interessada em televisão. Como prova, o Zune 2 será totalmente integrado ao Media Center e poderá até sincronizar para importar programas. Uma boa ideia, especialmente quando você perde muitas horas todos os dias no transporte público.

4. Redes sociais: Bem, sabemos bem, as redes sociais estão na moda e não é o sucesso do Facebook que vai me contradizer. Inevitavelmente, o Zune 2 não poderia ficar à margem e, portanto, teremos um widget que permitirá que você publique suas playlists nos serviços do momento (Facebook, MySpace, etc.). Além disso, a Apple consideraria fazer exatamente a mesma coisa com seu iTunes.

5. Compatibilidade com versões anteriores de firmware: Pela primeira vez, a Microsoft está preocupada com seus usuários… E sim, porque o firmware Zune 2 será compatível com walkmans de primeira geração. Basicamente, então, a maioria dos recursos presentes no Zune 2 também estarão presentes no Zune 1. Pena que eles não fazem o mesmo com o Vista e XP, certo? :)

No final, portanto, o Zune 2 pode nos surpreender agradavelmente. Agora, temos que ver se os geeks vão abandonar o iPod Touch para ir para o lado negro da Força, mas acho que não teremos surpresas desse lado. Deve ainda admitir que, nesta, a Apple se saiu muito bem e que a concorrência pode ter um pouco de dificuldade em se estabelecer no mercado.

Até o Último 100

Artigos Relacionados

Back to top button