CDC alerta que casos de sarampo atingirão novo recorde em poucas semanas

CDC alerta que casos de sarampo atingirão novo recorde em poucas semanas

Após o relatório da semana passada da Organização Mundial da Saúde, vem um aviso sobre casos de sarampo dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças. Segundo a agência, os Estados Unidos devem quebrar seu número recorde de casos de sarampo de todos os tempos – e o novo recorde pode acontecer dentro de semanas, não meses. A notícia chega em meio a surtos mortais de sarampo em vários países.

O sarampo, uma doença que pode ser evitada através de duas doses de uma vacinação, tem ressurgido em todo o mundo, inclusive em países onde os níveis de vacinação são altos. Esse aumento nos casos é atribuído em grande parte a grupos de pessoas que se recusam a ser vacinadas, pelo menos nos EUA, colocando em risco um grande número de crianças.

O sarampo foi declarado eliminado dos Estados Unidos no ano de 2000 – eliminado, neste caso, significa que não houve transmissão contínua de doenças por mais de um ano. Alguns casos foram relatados nos anos seguintes, sendo o mais alto já registrado no ano de 2014.

Nesse ano, o CDC relata que houve 667 casos de sarampo nos Estados Unidos. O número caiu em 2015 e 2016, apenas para começar a subir novamente em 2017, com 120 casos e mais que o triplo do que em 2018, aos 372. Infelizmente, as coisas estão parecendo muito piores este ano, com os casos de 2019 chegando a 626 em meados de abril.

O CDC diz que casos de sarampo foram confirmados em 22 estados, incluindo Califórnia, Oregon, Washington, Texas, Nova York, Nova Jersey, Nevada, Colorado, Flórida e muito mais. Em 19 de abril, os EUA atingiram seu segundo número recorde de casos de sarampo desde que a doença foi eliminada em 2000. Se essa tendência se mantiver constante, o CDC diz que os EUA atingirão um novo recorde histórico em semanas.

0 Shares