BMW destrói compradores cobrando US $ 80 anualmente pelo Apple CarPlay

BMW destrói compradores cobrando US $ 80 anualmente pelo Apple CarPlay

O Apple CarPlay já existe há anos e é semelhante ao Android Auto para usuários de dispositivos Android. O Apple CarPlay permite que os usuários do iPhone acessem alguns aplicativos e conteúdo do telefone na tela do sistema de informação e lazer. Em todas as marcas de carros, salve a BMW, o acesso ao Apple CarPlay é gratuito. A BMW anunciou planos de arrancar seus compradores, cobrando US $ 80 por ano pelo acesso ao CarPlay.

Aqueles que planejam ficar com seus carros por um tempo podem economizar dinheiro com uma assinatura de 240 meses por US $ 300. Para aqueles que se perguntam, 240 meses são 20 anos, ou essencialmente uma vida. A montadora confirmou que o serviço de assinatura entrará em vigor a partir dos veículos do modelo 2019.

Qualquer pessoa que compre um novo BMW 2019 terá o primeiro ano do CarPlay incluído e terá que pagar para manter o acesso no futuro. O Apple CarPlay estará disponível em todos os veículos BMW equipados com navegação. Os usuários do Android não podem sequer pagar pelo direito de acessar o Android Auto em seu BMW; não há suporte para o Android Auto.

A BMW anunciou que planeja integrar o Google Assistant e o Amazon Alexa em seus veículos, mas não está claro se esses serviços serão baseados em assinaturas. A mudança faz da BMW a única montadora que cobra pelo CarPlay como um serviço de assinatura. Todas as outras montadoras oferecem o CarPaly gratuitamente ou oferecem acesso a ele em um pacote opcional, sem custo contínuo.

Com as montadoras fazendo o possível para obter lucros em um mercado automotivo desafiador, resta saber se outras montadoras seguem a liderança da BMW. Talvez a BMW pense que os compradores de carros de luxo não se importarão em gastar outros US $ 300 por algo que não aumenta os custos da BMW.

0 Shares