Blackberries também terão sua loja online…

Então, para uma surpresa… Não, realmente, não estávamos esperando por isso. Iniciado pela Apple, o conceito de lojas online que permitem aos usuários recuperar aplicativos para seus celulares continua fazendo sucesso com o público em geral. Foi assim que o Google já anunciou que o Android teria um, e agora a RIM está fazendo exatamente a mesma coisa com seus Blackberries. Se eu tivesse a mente errada, diria que a Apple realmente sabia como dinamizar todo um mercado, mesmo que não soubesse disso antes de lançar seu iPhone.

Mas, claro, você não deixará de me responder que não é verdade, que não está certo e que Steve Jobs é o próprio diabo. Possível, afinal ninguém nunca realmente entendeu nada sobre o Apocalipse de João de Patmos (na Bíblia, bando de ignorantes). Dito isto, seja ele o diabo ou não, é claro que ele e seus engenheiros ainda garantiram algo de bom.

Porque, de fato, a AppStore inspirou muitos fabricantes. Afinal, oferecer um SDK para os internautas, fazê-los trabalhar para nós de graça e tudo isso para ganhar um pouco mais de publicidade e dinheiro nas costas, é um modelo de negócio super viável. Mesmo isso estou muito decepcionado porque já deveria ter pensado nisso.

Dito isso, não é o assunto deste post. Não, aqui estamos falando do Blackberry Application Center, a plataforma / loja que permitirá que você recupere e instale todos os tipos de aplicativos insanos em seu celular favorito. Ótimo, exceto que este último será gerenciado pelos operadores, e não pelo fabricante. Não sei vocês, mas isso me incomoda um pouco. Como diria um dos meus ex-estagiários, a porta está aberta para todas as janelas.

Caso contrário, o Blackberry Application Center, que eventualmente chamaremos de BlackAppCenter para torná-lo mais djeunz, fará sua estreia ao mesmo tempo que o Blackberry Storm (que foi originalmente anunciado como o Thunder, para quem não acompanhou).

Através do JD

(Crédito da foto: AltNature)

Artigos Relacionados

Back to top button