BitSummit 2020 cancelado devido a “preocupações crescentes” de coronavírus

Os organizadores do BitSummit 2020, a convenção japonesa de desenvolvedores independentes, cancelaram o evento devido à “Preocupações crescentes” do surto de coronavírus.

Falando em seu site oficial e no Twitter, os organizadores declararam o seguinte:

“Devido às crescentes preocupações com o surto de coronavírus (COVID-19), estamos muito tristes em informar que o BitSummit The 8th Bit não será mais realizado nos dias 9 e 10 de maio como planejado, pois a propagação não mostra nenhum sinal de desacelerando.

Gostaríamos de expressar nossas mais profundas desculpas por esse inconveniente a todos os nossos parceiros, apoiadores, expositores e visitantes de longa data que estavam ansiosos para participar da 8ª edição do BitSummit.

Com a segurança de nossos visitantes e participantes sendo nossa primeira prioridade, tomamos a difícil decisão de evitar qualquer chance de o vírus se espalhar mais.

Somos incrivelmente gratos por todo o apoio, conselho e incentivo que recebemos de todos os nossos parceiros e clientes. Nossos planos são continuar trabalhando no BitSummit The 8th Bit, e compartilharemos mais informações sobre o status do programa nas próximas semanas. ”

O evento teria ocorrido em Kyoto e, assim como eventos ocidentais como a GDC, é uma chance para os desenvolvedores independentes falarem com os editores. Após o cancelamento da GDC, a Wings Interactive começou a organizar um fundo de ajuda, para “Aliviar o fardo” desenvolvedores independentes afetados por ele.

O coronavírus (também conhecido como COVID-19) afetou muitas empresas na China, incluindo Google, Apple, Facebook e mais. Também prejudicou as empresas no Japão, incluindo aquelas centradas em animes e videogames [1, 2, 3, 4]. Isso inclui o adiamento e o cancelamento da GDC e da E3 2020, respectivamente.

A Escola de Engenharia Johns Hopkins Whiting está mapeando a disseminação do vírus [1, 2]. Até o momento, foram registrados mais de 121.500 casos confirmados em todo o mundo e mais de 4.300 mortes. Mais de 66.200 pessoas fizeram uma “recuperação total”. Em 11 de março, a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou o surto “pode ser categorizado como uma pandemia.“

No Japão, houve 581 casos, 12 mortes e 101 recuperações totais.

Imagem: Site oficial BitSummit

0 Shares