Austrália: descoberta da maior pegada de dinossauro já observada

O maior pegada de dinossauro já registrado foi descoberto no norteAustráliae mais particularmente numa área apelidada pelos especialistas de “Australian Jurassic Park”, devido aos numerosos vestígios de dinossauros observados nesta área entre 2011 e 2016.

Essa pegada enorme – cerca de 1,75 m de comprimento, segundo especialistas – é a deixada por um saurópode (uma espécie de dinossauro da qual o famoso diplodocus é uma subfamília). Um saurópode também particularmente imponente já que os paleontólogos da Universidade de Queensland, encarregados das escavações, estimam que o espécime na origem deste vestígio deve ter medido cerca de 5,40 metros apenas ao nível das ancas.

pegada de dinossauro

Essas pegadas gigantes são realmente espetaculares, nada chega perto desse tamanho” comentou Steve Salisbury (um dos líderes da equipe de paleontólogos) à CNN. Uma observação que não é de forma alguma um exagero, pois a equipe encontrou a maior pegada já registrada, esta conseguindo sem dificuldade superar a de 1,15 m encontrada no ano passado na Bolívia, e deixada há quase 70 milhões de anos por um Abelissauro (bípede e dinossauro carnívoro).

Muitos vestígios encontrados nos últimos 5 anos

No entanto, esta fantástica descoberta não depende apenas de paleontólogos, longe disso. De fato, a área de escavação (setor de cerca de 25 quilômetros na costa da península de Dampier) deveria ter sido inicialmente explorada pelo governo australiano para suas reservas de gás natural.

Foi finalmente graças aos aborígenes locais que o projeto pôde ser cancelado e que a investigação foi realizada, tendo este último alertado a comunidade científica para a presença de pegadas gigantescas, conhecidas do seu povo há gerações.

5 anos de pesquisa no local levaram à descoberta de várias dezenas de pegadas, pertencentes a nada menos que 21 espécies diferentes de dinossauros. O que levou Steve Salisbury a acrescentar: “Se recuássemos 130 milhões de anos, veríamos todas essas espécies diferentes andando pela costa. Isso seria uma visão e tanto.

Neste ponto, não há dúvida de que a paleontologia deve uma vela orgulhosa aos aborígenes…

Artigos Relacionados

Back to top button