AT & T; 5G rompem a barreira de 1 Gigabit

AT&T 5G break through 1 Gigabit barrier
AT&T 5G rompe barreira de 1 Gigabit

A AT&T recentemente criticou muito a enganosa “Evolução” 5G que colocou nos smartphones, mas isso não significa que não esteja realmente avançando bem, a evolução das redes 5G. Ainda pode haver algum marketing envolvido aqui, mas quando anunciou que sua rede 5G é a primeira a superar o limite de 1 Gigabit por segundo (Gbps), isso é muito, muito sério. Pelo contrário, estabelece as bases de uma rede 5G que cumprirá essas promessas no final deste ano.

A AT&T estava com pressa de chamar a atenção ao implementar uma rede 5G para partes do público, mas essa pressa custou muito. As velocidades reais experimentadas pelos testadores não eram melhores do que o 4G LTE e parecia que a operadora estava restringindo seus clientes o tempo todo. Isso, no entanto, pode ser devido a limitações técnicas que a AT&T sabia que iria enfrentar como um dos primeiros a adotar.

O primeiro serviço 5G da operadora estava praticamente limitado a uma operadora de 100 MHz, não significativamente superior à conexão 4G mais rápida. Isso ocorreu em parte porque a versão inicial do padrão 5G também estava limitada em certa medida. Uma revisão foi aprovada em dezembro do ano passado e abriu as comportas de dados quase literalmente.

Isso ocorreu devido a uma tecnologia já usada pelas redes LTE: agregação de operadora. A AT&T agregou quatro operadoras de 100 MHz e, usando um hotspot móvel NETGEAR Nighthawk 5G, conseguiu alcançar a primeira conexão de 1 Gbps em uma rede móvel 5G. Isso, diz a AT&T, pode permitir que você baixe um filme em HD de duas horas em 20 segundos.

Obviamente, isso ainda é tudo interno e levará algum tempo até que o equipamento e o serviço sejam disponibilizados ao público em geral. Pelo menos quando o 5G for lançado para um público mais amplo ainda este ano, os consumidores estarão obtendo velocidades 5G “reais”, ou pelo menos melhores que o 4G.

0 Shares