As 10 principais maneiras de manter sua criptomoeda segura

As 10 principais maneiras de manter sua criptomoeda segura

Se voc√™ investiu em criptomoedas como Bitcoin, Ethereum e outras, estar√° praticamente sozinho para garantir a seguran√ßa de sua moeda. O governo ou o banco n√£o vai reverter uma transa√ß√£o fraudulenta. Como as criptomoedas ainda n√£o s√£o regulamentadas na maioria dos pa√≠ses, voc√™ n√£o tem op√ß√Ķes legais para recuperar seu ativo criptogr√°fico perdido. Nos √ļltimos anos, houve dezenas de casos de trocas de criptografia sendo hackeadas. Moedas digitais e pessoas que possuem moedas digitais t√™m sido alvos populares de hackers e golpistas. Aqui vamos dar uma olhada nas 10 melhores maneiras de manter sua criptomoeda segura.

A prova de sua propriedade √© mantida em um livro descentralizado baseado em Blockchain. Voc√™ precisa ter uma carteira criptogr√°fica para comprar e vender moedas digitais, acompanhar seu saldo e armazenar suas chaves p√ļblicas e privadas. Sua chave privada √© o que voc√™ deve manter em sigilo.

Quando voc√™ armazena seu token de criptografia com uma carteira de c√Ęmbio, eles mant√™m sua chave privada. Voc√™ tem permiss√£o para acessar seu token fazendo login na plataforma deles usando seu email e senha. Voc√™ n√£o possui suas chaves privadas diretamente.

Existem dois tipos diferentes de carteiras de criptomoeda Рcarteira quente e carteira fria. Carteiras quentes, como as de troca, móveis e de software, estão conectadas à Internet. Você pode acessá-los a qualquer momento, mas eles representam o risco máximo de segurança. Carteiras frias, por outro lado, são mantidas offline. Eles incluem carteiras de papel e unidades USB. Eles são muito mais seguros que as carteiras Hot.

Essas s√£o as 10 melhores maneiras de manter sua criptomoeda segura.

10- Proteção contra golpes de phishing

Seja extremamente cuidadoso com sua atividade on-line, especialmente com emails fraudulentos e URLs obscuros de sites. Sempre insira o URL manualmente e verifique se ele usa o protocolo HTTPS. Muitas vezes, os golpistas e hackers usam URLs quase idênticos e clonam toda a interface dos sites de criptografia para parecer autênticos e roubar seus dados. Somente depois de verificar essas coisas, você deve inserir suas credenciais de login ou chave privada.

Os e-mails fraudulentos de criptografia também se tornaram cada vez mais comuns. Eles solicitam que você visite determinado site e insira suas credenciais de login. O hacker então coleta seu nome de usuário e senha para fazer login na sua conta na troca de criptografia real.

9- Fa√ßa o download de todas as atualiza√ß√Ķes de software e seguran√ßa

Se voc√™ usar carteiras m√≥veis e de software, elas lan√ßam atualiza√ß√Ķes oportunas com patches de seguran√ßa para proteger seus ativos de criptografia contra amea√ßas online. Sempre fa√ßa o download das atualiza√ß√Ķes assim que estiverem dispon√≠veis. Melhor ainda, ative as atualiza√ß√Ķes autom√°ticas.

Al√©m disso, fa√ßa o download de todas as atualiza√ß√Ķes do software antiv√≠rus e do sistema operacional do seu dispositivo. Os hackers est√£o sempre procurando brechas em aplicativos, sites e at√© sistemas operacionais que podem atingir. Alguns sistemas operacionais s√£o fornecidos com a tecnologia de criptografia integrada, que voc√™ pode ativar nas configura√ß√Ķes.

8- Não guarde todos os seus ativos de criptografia em um só lugar

“N√£o mantenha todos os seus ovos em uma cesta.” Ouvimos isso um zilh√£o de vezes. Se voc√™ armazenar sua criptomoeda em v√°rios lugares, sofrer√° apenas um pequeno impacto quando algo der errado com uma troca ou carteira. Lembre-se de que os incidentes de hackers s√£o incrivelmente comuns no mundo das criptografia.

Idealmente, voc√™ deve ter pelo menos uma carteira quente para transa√ß√Ķes e transa√ß√Ķes regulares e duas carteiras frias para armazenamento a longo prazo de seus ativos de criptografia. Como as carteiras quentes s√£o mais vulner√°veis ‚Äč‚Äča hackers, voc√™ deve manter apenas pequenas quantidades para manter suas principais economias de criptomoeda seguras em uma carteira fria.

7- Use apenas carteiras seguras e confi√°veis

Com a crescente popularidade das criptomoedas, houve uma explos√£o no n√ļmero de carteiras de criptografia. Muitos deles t√™m caracter√≠sticas lucrativas. Mas eles podem conter malware para roubar seus dados. Use uma troca de criptografia regulamentada que possua mecanismos adequados para garantir a seguran√ßa de seus ativos de criptografia.

Uma boa carteira on-line é compatível com vários sistemas operacionais, possui os mais recentes recursos de segurança e uma equipe de desenvolvimento ativa. Não use carteiras que não lhe dêem controle completo sobre sua chave privada.

6- Realize apenas pequenas transa√ß√Ķes

Fazer grandes transa√ß√Ķes poderia chamar a aten√ß√£o de hackers e golpistas. √Č mais prov√°vel que os criminosos tenham como alvo pessoas com carteiras gordas. Voc√™ n√£o quer estar no radar deles. Portanto, tente realizar apenas pequenas transa√ß√Ķes.

5- N√£o use redes Wi-Fi p√ļblicas

Nunca use redes Wi-Fi p√ļblicas para acessar sua conta de troca de criptomoedas ou carteira online. Os hackers podem facilmente instalar malware para rastrear os dados transmitidos por redes Wi-Fi p√ļblicas. Antes que voc√™ perceba, eles podem sair com sua senha e outros detalhes. Use apenas as redes em que voc√™ confia para fazer transa√ß√Ķes de criptografia. E essa regra deve se aplicar a todas as transa√ß√Ķes financeiras, n√£o apenas √† criptografia.

4- Use senhas fortes para sua carteira online

Usar senhas fortes e exclusivas para cada conta deve ser um h√°bito. N√£o use senhas que possam ser adivinhadas com facilidade, como n√ļmeros de telefone, nomes, datas de nascimento, nomes de c√£es e filmes. Use uma senha sofisticada composta por n√ļmeros, s√≠mbolos e letras mai√ļsculas e min√ļsculas.

Segundo uma pesquisa, mais de 50% das pessoas usam a mesma senha para várias contas. Se uma dessas contas for invadida, o hacker poderá usar a mesma senha para acessar sua conta em várias plataformas. Também certifique-se de alterar sua senha a cada poucos meses. Você pode usar um gerenciador de senhas para criar uma senha forte e aleatória.

3- Faça backup de suas chaves privadas

Crie vários backups de suas chaves privadas e armazene-os em locais diferentes, como um em casa e outro no escritório. Ter vários backups garantirá que sua carteira de criptografia permaneça segura, mesmo se você perder sua chave privada ou se um dos dispositivos de backup for corrompido.

Além disso, informe ao menos uma pessoa em que você confia onde guardou as chaves de backup. Se algo acontecer com você, pelo menos a pessoa que você ama e confia deve poder localizar suas chaves privadas.

2- Use autenticação de dois fatores ou carteira com várias assinaturas

A autentica√ß√£o de dois fatores √© uma das maneiras mais simples e f√°ceis de manter sua criptomoeda segura. Isso minimizar√° as chances de fraude ao realizar uma transa√ß√£o de criptografia. √Č o mesmo que autentica√ß√£o de dois fatores usada pelos bancos. Sempre que voc√™ tentar fazer login, o servi√ßo enviar√° um c√≥digo em seu e-mail ou telefone que voc√™ precisar√° inserir dentro de um tempo especificado para acessar sua conta.

Uma carteira com várias assinaturas permite que você dê a alguém em quem confia acesso à sua carteira. Você e a pessoa a quem você deu acesso terão que inserir códigos de acesso separados antes de poder fazer uma transação. Isso torna sua criptomoeda incrivelmente segura, desde que você confie na pessoa a quem você deu acesso.

As carteiras com várias assinaturas também são adequadas para empresas. As empresas podem exigir pelo menos dois executivos para assinar uma transação para evitar fraudes ou peculato.

1- Guarde sua criptografia em uma carteira fria

Carteiras quentes são invadidas com bastante frequência. Se você realmente deseja manter sua criptomoeda segura, use uma carteira fria para armazenar suas chaves privadas. Uma carteira fria é qualquer coisa que não esteja conectada à Internet. Pode ser tão simples quanto escrever a chave privada em um pedaço de papel e armazená-la com segurança. Você também pode usar uma unidade USB ou disco rígido para esse fim.

Muitas carteiras frias, como unidades USB, funcionam perfeitamente com interfaces da web. Quando você os conecta ao dispositivo conectado à Internet, eles exigem que você autentique a transação tocando nele. Isso significa que os hackers não podem gravar suas teclas. Algumas carteiras frias populares são Trezor e Ledger Nano S. Você pode usá-las para armazenar seus tokens a longo prazo sem ter que se preocupar com hackers.

0 Shares