Arsênico na água potável pode causar espessamento cardíaco em adultos jovens

O arsênico na água potável pode levar ao espessamento do coração em adultos jovens, de acordo com um novo estudo. A pesquisa, publicada recentemente em uma revista da American Heart Association, descobriu que o espessamento afetava a principal câmara de bombeamento do coração, deixando jovens adultos em risco de futuros problemas de saúde cardíaca.

Embora os suprimentos municipais de água encontrados nas cidades sejam regulados e testados regularmente, a água potável proveniente de poços particulares, que não são regulamentados, pode não ser adequadamente testada e tratada. Nesses casos, a água pode conter níveis inaceitavelmente altos de substâncias nocivas, incluindo arsênico.

Segundo a Organização Mundial da Saúde, o arsênico está naturalmente presente em altos níveis nas águas subterrâneas encontradas em muitos países. A água potável, bem como as culturas cultivadas com água contaminada, apresentam o maior risco quando se trata de consumir arsênico.

Pesquisas anteriores vincularam o consumo a longo prazo de água e alimentos que contém arsênico a lesões de pele, câncer, doenças cardiovasculares e diabetes, além de problemas cognitivos em crianças muito pequenas e morte prematura em adultos jovens. O estudo publicado recentemente na revista revela que o arsênico na água potável pode estar prejudicando a saúde dos jovens.

Os pesquisadores analisaram dados do Strong Heart Family Study, que analisou fatores de risco cardiovascular em populações nativas americanas. Nos participantes que tiveram um aumento de duas vezes nos níveis de urina de arsênico, a equipe encontrou um aumento de 47% no risco de espessamento do ventrículo esquerdo, que saltou para 58% nos participantes com pressão alta. Os participantes do estudo tinham uma idade média de 30,7 anos.

Artigos Relacionados

Back to top button