Apresentação do iPad em vídeo pela Geek-Trend

Bem, já se passou uma semana desde que o iPad foi lançado nos Estados Unidos e você provavelmente deve estar um pouco farto. O que eu entendo completamente. Dito isso, se você ainda está hesitante ou apenas curioso, saiba que os caras da Geek-Trend publicaram uma série de vídeos sobre o assunto.

[youtube 1W79pYpL4dQ nolink]
[youtube 6X51iIwslTY nolink]

E o bom é que esses vídeos ainda são bastante objetivos. Embora Alexis tenha se apaixonado visivelmente pelo touch pad da Apple, ele não hesita em mostrar seus pontos fortes, é claro, mas também seus pontos fracos.

Além disso, já que estamos falando sobre isso, pude observar:

  • A catastrófica portabilidade de aplicativos do iPhone para o iPad.
  • Uma função do iPod que deixa muito a desejar.
  • Uma AppStore particularmente feia e não necessariamente super prática.
  • O calendário não é terrível.
  • O aplicativo Mail não me convenceu, a interface está muito ocupada.
  • Sem flash.
  • Você tem que encontrar sua posição, não é fácil segurar o tablet.

Tão bom, você provavelmente vai me dizer que não sou objetivo e que apenas destaco os pontos ruins do tablet, mas o fato é que a Apple ainda me acostumou melhor. Normalmente, a empresa cuida de seus produtos nos mínimos detalhes e aí vemos logo que não é assim.

[youtube vIHCISBLPd4 nolink]

Dito isto, tenha cuidado, porque o iPad ainda tem alguns lados interessantes:

  • O tablet pode servir perfeitamente como uma televisão extra.
  • A renderização de cores parece realmente ótima. O mesmo para o contraste.
  • Também parece muito responsivo, os tempos de carregamento são muito rápidos.
  • O teclado parece confortável, mesmo que não pareça.
  • A qualidade do som parece muito boa.
  • A porta do iPhoto é simplesmente excelente.
  • A navegação na Web parece muito agradável, muito visual.
  • O aplicativo iBook realmente tem um bocado.

Para falar a verdade, admito que tive uma queda muito grande pelo aplicativo Quadrinhos. E também um pouco para o Paris Match, que é super bem feito e muito visual. Sentimos o potencial dos tablets touch para a imprensa, quase poderíamos falar de uma revolução.

É isso, de resto, cabe a você decidir. No que me diz respeito, o iPad ainda não me convenceu, mas você provavelmente já suspeitava disso. Entre meu iPhone e meu MacBook ou meu PC, admito que realmente não saberia o que fazer com ele.

Artigos Relacionados

Back to top button