Apptismo, para saber tudo o que acontece na AppStore…

A AppStore contém milhares de aplicativos completamente barrados para iPhone e iPod Touch. Alguns deles são úteis, práticos e outros muito menos. Além disso, para encontrar o que procura, é preciso passar muito tempo lá. É precisamente por esta razão que foi lançado o Apptism, uma plataforma que lhe permitirá encontrar efetivamente a sua felicidade.

Quem me conhece sabe que passo muito tempo no meu iPhone. Antes dele, eu já tinha o irritante hábito de me comportar como um verdadeiro autista digital, mas agora é ainda pior. Além disso, é engraçado, porque eu não achei que pudesse ser. Como assim, aprendemos todos os dias…

E com o Apptismo, será ainda mais difícil. Mesmo que eu realmente aprecie a AppStore, devo admitir que não faltam falhas. O catálogo proposto é bastante caótico, é muito difícil encontrar o que procuramos e, como resultado, pulamos alguns aplicativos muito inovadores. Ao mesmo tempo, dado o número de aplicativos disponíveis, pode ser totalmente compreendido.

Apptism faz referência a mais de 3.000 aplicativos no momento de escrever estas linhas. Para cada um deles, você pode acessar uma folha explicativa muito detalhada, sua história, mas também e acima de tudo capturas de tela e vídeos de demonstração. Basta dizer que fica mais fácil fazer uma escolha, especialmente porque um sistema de classificação permite que você saiba o que os outros usuários pensam dele.

Histórico para não perder o fio, cada aplicativo também pode ser adicionado ao seu perfil. Dessa forma, podemos acompanhar os aplicativos que mais chamaram nossa atenção e até compartilhá-los com outros usuários da Internet. Como a felicidade nunca vem sozinha, também é possível criar um alerta e manter-se informado, por e-mail, dos desenvolvimentos desta última.

Resumindo, na minha opinião o Apptismo é um serviço essencial para todos aqueles que, como eu, já não conseguem viver sem o seu iPhone ou iPod Touch. E para ir mais longe, poderíamos até dizer que este serviço é exatamente o que a AppStore deveria ter sido. Além disso, quem sabe, talvez Steve eventualmente compre de volta, hein…

Artigos Relacionados

Back to top button