Apple vai aliviar a pressão sobre seus desenvolvedores

Maçã teve um final de ano complicado. A empresa de fato se viu em turbulência depois de ter instalado um sistema de fixação na versão mais recente de sua plataforma. Para piorar a situação, parte do código-fonte do iOS vazou na web no ano passado. Essas decepções levaram visivelmente a empresa a se questionar.

Os últimos meses não foram gentis com a marca da maçã. De forma alguma. Após as revelações feitas sobre essa famosa função de fixação, a empresa teve que enfrentar um verdadeiro estilingue de seus usuários e as reclamações rapidamente começaram a se acumular.

Ao mesmo tempo, uma pessoa mal-intencionada também optou por fazer o upload do código-fonte do programa de inicialização do iOS.

Apple vai reorganizar suas tropas

Disponível há vários meses no mega.nz e em várias outras plataformas de download, este último acabou no Github no início da semana e dezenas de curiosos naturalmente aproveitaram a oportunidade para colocar as mãos nele. Pessoas curiosas, mas também hackers determinados a desvendar os segredos da plataforma.

Como se isso não bastasse, o iPhone X parece estar passando por uma queda significativa nas vendas. Pior ainda, a produção do terminal poderia até ser reduzida pela metade antes do final do primeiro semestre para compensar o desinteresse do consumidor.

Diante da situação, a Apple teria, portanto, decidido colocar um pouco de água em seu vinho e reorganizar suas equipes de desenvolvedores.

Em busca de apaziguamento, Craig Federighi teria de fato tomado a decisão de revisar seu cronograma de desenvolvimento para liberar a pressão exercida sobre as equipes responsáveis ​​pelo desenvolvimento da plataforma móvel da marca.

Um cronograma de desenvolvimento de dois anos

De fato, a Apple segue um cronograma rigoroso há vários anos e, portanto, a empresa se acostumou a lançar uma grande atualização no final do ano e uma atualização menor na primavera. Para cumprir estes prazos, a Bitten Apple impõe um ritmo sustentado aos seus programadores e estes, por isso, nem sempre têm tempo para finalizar as suas funções.

De acordo com a Bloomberg, Craig Federighi tomou a decisão de diminuir esse ritmo implementando um plano de desenvolvimento de dois anos.

Se a atualização anual estiver sempre no jogo, os desenvolvedores agora terão a opção de adiar a integração de uma função se não a considerarem suficientemente bem-sucedida.

O iOS 12 provavelmente será a primeira versão a aproveitar essa mudança de estratégia, mas não será a única. Na realidade, de acordo com as fontes de nossos colegas, essa mudança no planejamento também deve se aplicar aos desenvolvedores que atuam no macOS.

Algumas coisas novas para esperar

Os consumidores de Apple devem ficar tranquilos, porém, porque as próximas versões desses dois sistemas ainda devem trazer algumas novidades interessantes. Bloomberg de fato evoca em seu artigo o estabelecimento de uma função que permite operar um único aplicativo em um iPhone, iPad ou Mac.

Ao mesmo tempo, também devemos esperar um novo aplicativo de controle parental e novos animojis, animojis compatíveis com o essencial FaceTime.

No final do ano, devemos contar também com uma nova aplicação dedicada à Bolsa, numa função não perturbe e num novo iPad equipado com sensor True Depth e Face ID.

É claro que devemos aprender um pouco mais sobre todas essas novidades nas semanas que antecedem a WWDC 2018.

Artigos Relacionados

Back to top button