Apple e Google compartilham código de amostra e conceitos de design de interface do usuário para exposição …

A Apple e o Google revelaram hoje mais informações sobre o sistema de notificação de exposição COVID-19 desenvolvido em conjunto. Os novos recursos são voltados para desenvolvedores e incluem detalhes como conceitos de design de interface do usuário e códigos de amostra para Android (como SDK) e iOS (na forma de um kit de ferramentas Xcode) que servirão como blocos de construção para seus respectivos aplicativos.

Os esquemas da interface do usuário nos dão uma rápida visão de como esse sistema funcionará e a aparência dos dispositivos móveis. As duas empresas também deixaram claro que a API será restrita a um aplicativo por país e, caso um país adote uma abordagem regional / estadual, as duas empresas continuarão fornecendo atualizações adicionais.

Por fim, a Apple e o Google também fizeram algumas alterações nas políticas que regem o uso da API de notificação de exposição e estão listadas abaixo:

  • Os aplicativos devem ser criados por ou para uma autoridade de saúde pública do governo e só podem ser usados ​​para os esforços de resposta do COVID-19.
  • Os aplicativos devem exigir que os usuários consentam antes que o aplicativo possa usar a API de notificações de exposição.
  • Os aplicativos devem exigir que os usuários consentam antes de compartilhar um resultado positivo do teste e as “Chaves de diagnóstico” associadas aos seus dispositivos à autoridade de saúde pública.
  • Os aplicativos devem coletar apenas a quantidade mínima de dados necessária e podem usar esses dados apenas para os esforços de resposta do COVID-19. Todos os outros usos dos dados do usuário, incluindo publicidade direcionada, não são permitidos.
  • Os aplicativos são proibidos de solicitar permissão para acessar os Serviços de Localização.

Artigos Relacionados

Back to top button