Apple: Alguns de seus produtos serão afetados pelo imposto de importação de 10% a partir de setembro

Vários dispositivos produzidos pela Apple como smartwatches, alto-falantes, rastreadores fitness e fones de ouvido Bluetooth serão afetados pelo imposto de importação a partir do início de setembro.

Segundo relatos, a imposição desse imposto faz parte da estratégia do governo Trump em sua guerra comercial contra a China.

Para outros itens eletrônicos de consumo, como telefones e laptops, a data de início da tributação está prevista para mais tarde, mais precisamente em 15 de dezembro.

Esse novo arranjo coloca a gigante da tecnologia em uma posição ruim, já que a maioria de seus itens é feita na China.

A reação da Apple à notícia

Neste momento, a empresa ainda não anunciou o que pretende fazer sobre a decisão do governo Trump. Embora a possibilidade da própria empresa assumir o imposto de 10% seja uma opção, é pouco provável que a marca Apple invista tanto para cobrir todos os custos sob o risco de reduzir suas próprias margens.

Esta não é a primeira vez que AirPods, HomePods e Apple Watch enfrentam tal decisão. Em 2018, esses dispositivos puderam ser isentos de impostos de importação graças a solicitações que os principais fabricantes enviaram ao governo.

Um imposto sobre determinados produtos no passado

Enquanto a maioria dos produtos da Apple só serão tributados nos próximos meses, a empresa já enfrentou um aumento de 10% no imposto de importação para seus carregadores. O preço desses aparelhos, no entanto, não mudou, pois a diferença foi arcada pela empresa e também por seus fornecedores.

De acordo com as informações, para solucionar o problema, a empresa de Tim Cook consideraria a mudança de suas plantas fabris que estão na China, sendo os produtos afetados pelo aumento tarifário principalmente de fabricação chinesa.

De qualquer forma, para quem planeja comprar um Apple Watch, AirPods ou qualquer outro dispositivo afetado pelo novo imposto, seria mais inteligente comprá-los antes das datas designadas.

Artigos Relacionados

Back to top button