Amazon patenteou sua nova tecnologia de vigilância usada em seus drones de entrega

Embora os drones da Amazon ainda não estejam entregando pacotes, a empresa já está considerando outro uso para esses dispositivos.

Recentemente, a gigante do varejo obteve uma patente para seu novo modelo de UAV (Unmanned Aerial Vehicle) permitindo que este último seja usado para vigilância. O conceito consiste em monitorar a casa de um cliente entre duas entregas.

Drone

A Amazon registrou a patente em junho de 2015, mas não foi divulgada até o início de junho. A patente descreve como os drones podem ser alugados para verificar situações como portas de garagem abertas ou janelas quebradas antes de alertar os proprietários.

O novo drone da Amazon ainda não fez entregas, mas a empresa espera lançar o serviço comercial nos próximos meses.

Funcionamento do dispositivo

Já ouvimos falar de drones de vigilância, especialmente no setor de defesa. Desta vez, esses UAVs serão usados ​​para fornecer segurança nas residências dos usuários. O fato de esse trabalho de vigilância ser realizado por drones de entrega é inédito.

A patente da Amazon dá alguns detalhes sobre como o UAV funcionará. Por exemplo, ele diz que os clientes podem pagar por uma visita de drone por hora, diariamente ou semanalmente. O dispositivo também pode ser equipado com câmeras de visão noturna e microfones para aumentar sua sensibilidade.

A questão da privacidade

O problema para a Amazon ao usar seus drones para vigilância é a questão da privacidade. Este caso ocorre sobretudo ao nível dos vizinhos que não autorizam a empresa a apontar câmaras para a sua casa. A patente menciona este problema e propõe uma solução.

De acordo com o documento, a tecnologia de geolocalização será usada para garantir que os drones não filmem uma casa que não deveriam estar filmando. Para isso, a imagem tirada pode ser retocada durante a gravação ou depois dela. Há também a opção de restringir fisicamente um sensor do UAV para que ele não possa apontar suas câmeras para uma casa não autorizada.

Essa nova ideia da Amazon tem vantagens quando se trata de segurança. No entanto, ainda será difícil convencer os usuários que temem uma violação de sua privacidade.

Artigos Relacionados

Back to top button