A Xiaomi está a atacar o regresso às aulas com o Mi 9 Lite, um equipamento com uma relação preço/qualidade difícil de atacar

Xiaomi tem o vento em suas velas no mercado francês. Os cursores estão de facto todos em bom estado e a marca chegou mesmo a anunciar esta manhã que em julho ultrapassou o limiar de um milhão de smartphones vendidos em França. Evidentemente, pretende continuar neste caminho e, assim, acaba de levantar o véu sobre a Xiaomi Mi 9 Liteum telemóvel com uma relação qualidade/preço difícil de atacar.

Se a Xiaomi conseguiu estabelecer-se de forma duradoura no saturado mercado de smartphones, é sobretudo graças à sua política de preços contrária.

Embora o preço médio do smartphone tenda a aumentar um pouco mais a cada ano, a marca chinesa faz questão de manter os preços de venda o mais baixos possível, mesmo que isso signifique reduzir suas margens.

Xiaomi Mi 9 Lite: uma mente sã em um corpo são

O Xiaomi Mi 9 Lite está totalmente alinhado com esta tendência, e isso obviamente não o impede de acumular os pontos positivos.

Principalmente na área de design. Ao contrário de muitos dispositivos posicionados em seu segmento, o Mi 9 Lite ostenta orgulhosamente uma caixa de vidro, uma caixa cuja placa traseira revela belas texturas iridescentes… sobriamente chamado de 3D Ripple Effect. O efeito é bonito e a Xiaomi também optou por uma placa levemente curvada para oferecer a melhor aderência possível. O conjunto também é tratado com Gorilla Glass 5 e, portanto, o dispositivo não terá dificuldade em resistir à devastação do tempo.

Outro detalhe interessante, o logotipo da marca muda. O “Mi” dá assim lugar a “Xiaomi”, um nome muito mais significativo nas nossas latitudes. História para dar uma camada, a marca também decidiu colocar uma laje sob o vidro neste local preciso. Assim, o logotipo acenderá em azul ao receber uma notificação ou em verde quando houver uma chamada. Além disso, este LED não será usado apenas para notificar o usuário, pois também acenderá quando a música for reproduzida no dispositivo.

A tela é realmente enorme, com uma relação display/frontal chegando a 91%. O Mi 9 Lite, portanto, também se beneficia de um design sem bordas, sempre com um entalhe na parte superior da laje. Desta vez, um entalhe em forma de gota de água.

Um telefone com foco em fotos

Se você espera que a Xiaomi aposte tudo no design, terá que revisar seu julgamento.

A ficha técnica do Mi 9 Lite também é sólida. A tela é, portanto, do tipo AMOLED e chega a 6,39 polegadas, com definição do tipo Full HD e tecnologia anti-cintilação. Para animar seu telefone, a escolha do fabricante recaiu sobre um Snapdragon 710 acoplado a 6 GB de RAM. O espaço de armazenamento dependerá por sua vez do modelo e passará de 64 a 128 GB… expansível através de um cartão micro SD.

A Xiaomi voltou a focar-se na parte fotográfica. Uma escolha lógica dado o público-alvo. Um público acostumado a compartilhar fotos em praticamente todas as plataformas sociais o tempo todo.

O sensor principal atinge assim 48 milhões de pixels (1/2″) e é acompanhado por uma abertura grande angular em f/1.79. A óptica consiste em seis elementos. Para apoiá-lo, há também um sensor de 8 mpx encimado por um ultra grande angular e um sensor dedicado à profundidade de campo de 2 milhões de pixels.

O aplicativo, por sua vez, dá um lugar de destaque à IA. Além de todos os modos e funções usuais, você encontrará uma função chamada AI Skyscaping que permitirá alterar o céu de suas fotos para obter um azul brilhante, um céu nublado ou até um sol poente. Ao todo, seis céus são oferecidos.

Um preço de venda extremamente atrativo

A Xiaomi também teve muito cuidado com os retratos. Eles também usarão IA, com um resultado mais natural. Pelo menos essa é a promessa feita pelo fabricante. Teremos que ver com o uso se este é realmente o caso.

Na parte superior, há também um chip NFC, um transmissor infravermelho e uma grande bateria de 4020 mAh compatível com carregamento rápido de 18 W. O aparelho também será entregue com um carregador de 18 W.

Prevista para 23 de setembro, a versão de 64 GB será oferecida exclusivamente na Cdiscount até o final de outubro, pela bagatela de € 269 (contra € 299 do preço final). A versão de 128 GB será distribuída da forma habitual, ao preço de 329€.

Relativamente ao Cdiscount, a marca vai criar em paralelo uma oferta especial, uma oferta que consistirá em oferecer uma Mi Band 3 a todas as pessoas que comprarem um produto Xiaomi. Tenha cuidado, porém, porque esta promoção será oferecida dependendo das ações.

Em termos de cores, você terá a escolha entre o azul sutil, o mais que branco e o tom de cinza. E não, não é uma piada.

Artigos Relacionados

Back to top button