A vulnerabilidade do WhatsApp permitiu a instalação de spyware em telefones

A vulnerabilidade do WhatsApp permitiu a instalação de spyware em telefones

Foi descoberta uma vulnerabilidade do WhatsApp que permitia que os invasores instalassem remotamente malware em telefones executando versões afetadas do aplicativo. Segundo o TechCrunch, a vulnerabilidade foi descoberta no início deste mês e permitiu que um chamador instalasse malware no telefone que está sendo chamado, independentemente de a chamada ter sido atendida ou não.

O problema afeta o WhatsApp para Android anterior à v2.19.134, o WhatsApp Business para Android anterior à v2.19.44, o WhatsApp Business para iOS anterior à v2.19.51, o WhatsApp Business para iOS anterior à v2.19.51, o WhatsApp para Windows Phone anterior à v2.18.348 e WhatsApp para Tizen antes da v2.18.15. – Whatsapp

Não se sabe quantas pessoas foram afetadas por esse bug grave, mas a empresa especula que o número de usuários é relativamente pequeno. “Este ataque tem todas as características de uma empresa privada conhecida por trabalhar com os governos para entregar spywares que supostamente assumem as funções dos sistemas operacionais de telefones celulares”, disse o WhatsApp, sugerindo o Pegasus, do grupo NSO, com sede em Israel.

O WhatsApp incentiva as pessoas a atualizar para a versão mais recente do nosso aplicativo, bem como manter o sistema operacional móvel atualizado, para se proteger contra possíveis explorações direcionadas, projetadas para comprometer as informações armazenadas em dispositivos móveis – WhatsApp

Você pode ler mais detalhes sobre o relatório clicando no link VIA.

0 Shares