A Sony respondeu mais ou menos ao convite da Microsoft

Microsoft realizou uma magnífica pole aos seus concorrentes no início da semana. Chris Carla, diretor de[email protected]na verdade aproveitou a Game Developers Conference para levantar o véu sobre uma nova função projetada para o Xbox One: o Reprodução em rede cruzada. Como o próprio nome sugere, este último visa permitir que os jogadores que atuam no console enfrentem seus rivais no PC e outras plataformas.

Deve-se admitir que este anúncio surpreendeu muitas pessoas, mas o editor, no entanto, indicou que não pretendia impô-lo aos editores ou mesmo a outros fabricantes.

Xbox PS4

Ou seja, os estúdios que desejarem integrar a função em seus títulos terão que começar por integrá-la em seus jogos.

Microsoft alcança seus concorrentes, mas não pretende impor nada a eles

É bastante lógico, mas não é a única limitação do sistema. A conexão só pode realmente ser feita se os concorrentes da marca concordarem em abrir sua plataforma para o editor. No PC, isso não é um problema, já que a maioria dos computadores roda no Windows, mas o mesmo obviamente não é verdade para os consoles.

Aqui, neste caso, tudo vai depender da Nintendo e da Sony. Além disso, todo o problema está aí, já que este último vendeu muito mais consoles do que a Microsoft e, portanto, está em uma posição de força.

A GameSpot teve a oportunidade de falar com um representante da marca e o site aproveitou para lhe perguntar diretamente a pergunta e perguntar-lhe se a Sony estava disposta a aceitar a proposta da Microsoft.

A resposta da empresa deve fazer alguns sorrirem: “O PlayStation permitiu o jogo multiplataforma com o PC em vários jogos, e tem feito isso desde o lançamento de Final Fantasy 11 no PS2 e PC em 2002. Adoraríamos discutir isso com qualquer editor ou desenvolvedor interessado”. Difícil ser menos claro.

A Sony não se opõe necessariamente à ideia

No essencial, a Sony recorda assim que a Microsoft não inventou nada e mesmo que está um pouco atrasada nesta área porque a PS2 já oferecia uma função deste tipo em 2002. No entanto, a marca não é contra a ideia de o discutir.

Sim, discutir isso e esse detalhe obviamente não é trivial porque a empresa não tomou nenhuma decisão no momento e obviamente prefere jogar a carta da cautela.

Entretanto, a Microsoft também anunciou no início da semana que Rocket League será o primeiro jogo a tirar partido desta função e os jogadores que apitam no Xbox One poderão em breve enfrentar os seus homólogos no PC.

Artigos Relacionados

Back to top button