A disponibilidade do Galaxy S9 e S9 + começa em 70 países, ainda mais …

A disponibilidade do Galaxy S9 e S9 + começa em 70 países, ainda mais ...

A Samsung está à frente da Apple no volume global de vendas de smartphones há quase uma década, mas em termos de lucros, suporte ao cliente nos EUA e lançamentos em larga escala de seus novos dispositivos móveis, a gigante da tecnologia de Cupertino sempre reina suprema.

A diferença certamente está diminuindo em todos os aspectos, embora tecnicamente os grandes ganhos do chaebol no ano passado tenham derivado principalmente de chips de memória e displays onipresentes. Enquanto isso, não há como negar que o lançamento do Galaxy S9 e S9 + de hoje em “mercados ao redor do mundo” tem um toque muito iPhone.

Apresentado oficialmente há apenas três semanas e em pré-venda em países como EUA e Coréia desde 2 de março, os telefones da “câmera reimaginada” estão disponíveis nas lojas hoje, 16 de março, em “aproximadamente” 70 países, incluindo a Coréia, o EUA, Canadá, China e “toda a Europa”.

Impressionante, a Samsung promete lançar a dupla Galaxy S9 para um total geral de “mais de 110 mercados até o final do mês”. Em comparação, o iPhone 8 e 8 Plus da Apple alcançou 60 países “míseros” em 29 de setembro do ano passado, algumas semanas depois de os dois dispositivos terem sido formalmente revelados.

É verdade que a demanda inicial do S9 pode não ser tão alta quanto a empresa havia previsto, mas não se engane, esses dois ainda serão vendidos como pão quente. Como eles não conseguiram quando trouxeram a tecnologia da câmera Dual Aperture para a mesa, junto com a melhor tela do mundo, recursos de gravação de vídeo em super câmera lenta, AR Emojis personalizáveis ​​(embora enigmáticos), alto-falantes estéreo com AKG e até 6 GB de RAM?

0 Shares