A Apple ainda está procurando uma maneira de integrar o Touch ID nas telas do iPhone

Maçã deu as costas ao Touch ID desde o lançamento do iPhone X, sacrificando assim o reconhecimento de impressões digitais no altar do reconhecimento facial. Mas o desgraçado ainda não teria dito sua última palavra. Pelo menos é o que podemos deduzir de duas das últimas patentes registradas pela marca.

A biometria foi consideravelmente democratizada nos últimos anos e a maioria dos smartphones vendidos no mercado possui, portanto, um leitor de impressão digital.

Melhor ainda, alguns fabricantes conseguiram até integrar esses componentes na tela de seus dispositivos.

Touch ID de volta em breve no iPhone?

No entanto, este não é o caso da Apple. Apesar do imenso know-how de seus engenheiros, a marca ainda não encontrou uma forma de integrar o Touch ID na tela de seus iPhones. No entanto, parece que o assunto a fascina, como comprovam duas das últimas patentes depositadas pela firma.

A primeira patente detalha o funcionamento de sensores ópticos integrados sob a tela de um smartphone. Sensores capazes de capturar uma imagem bidimensional ou tridimensional de um objeto, como uma impressão digital. A ideia seria mesmo colocar um sensor óptico e um receptor para poder observar ao mínimo detalhe um objeto colocado no ecrã do smartphone, o que permitiria ao mesmo tempo que um iPhone recuperasse informação através do seu ecrã. .

O documento também irá longe. Descreve um método para tornar os elementos ópticos opacos ou translúcidos em determinados comprimentos de onda, através de uma rede de microlentes acopladas a um receptor óptico.

A segunda patente se concentra em uma técnica para compensar a temperatura em um sistema óptico de detecção de impressão digital. Mais uma vez, o documento está muito bem documentado e explica em particular que este sistema visaria principalmente contrariar os efeitos que as temperaturas excessivas podem ter nos painéis OLED.

Duas patentes que falam muito

Apesar de suas muitas vantagens, essas telhas são realmente muito frágeis. A Apple, por sua vez, usa telas desse tipo em todos os seus iPhones de última geração e é fácil imaginar o que levou a marca a trabalhar nessa patente tão promissora.

Então, é claro, do jeito que está, nada diz que o Touch ID realmente voltará aos iPhones. Agora, faria bastante sentido para a marca investigar essa pista. Atualmente, todos os fabricantes estão realmente lutando para se livrar desses entalhes feios que acompanham seus smartphones há alguns anos. Alguns optaram por socos, outros por sistemas pop-up.

A Apple, por sua vez, infelizmente depende de seu sistema Face ID. Um sistema baseado no uso conjunto de vários sensores… e, portanto, muito difícil de miniaturizar. E, portanto, entendemos todo o interesse que o Touch ID pode representar.

Artigos Relacionados

Back to top button