6 dicas para aumentar a vida útil da bateria de um iPhone no iOS 13

EU’Iphone sempre teve uma má reputação em termos de autonomia. A Apple, portanto, teve o cuidado de integrar várias funções no iOS 13 e nas versões anteriores da plataforma para melhorar a situação.

O iOS tem muitas qualidades, é inegável. A plataforma é simples, responsiva e ergonômica, com transições extremamente precisas e acessibilidade formidável. Ainda mais desde a implementação desses famosos gestos, tão práticos.

iPhone X

No entanto, o produto perfeito não existe. E se a plataforma da Apple é muito convincente, o mesmo não acontece necessariamente com seus telefones.

É certo que os iPhones são dispositivos muito capazes, dispositivos cuja potência está bem estabelecida, mas também sofrem de uma autonomia perfectível. Ainda mais nos modelos “pequenos” como o iPhone X e o iPhone Xs.

A Apple tentou, portanto, melhorar a situação através das últimas atualizações da sua plataforma. Uma plataforma que agora oferece muitas ferramentas para ampliar a autonomia de seus dispositivos. Obviamente, o iOS 13 não é exceção à regra. Porém, tenha cuidado, pois se este artigo for baseado na versão mais recente da plataforma, algumas dessas dicas também são válidas para iterações anteriores.

Dica nº 1: ative o modo escuro no iOS 13

O iOS 13, portanto, traz muitos novos recursos e um dos mais notáveis ​​está relacionado à integração de um modo escuro. Graças a este último, é possível alternar em um instante a interface da plataforma em tons de cinza.

Se esse modo escuro nos impedir de queimar os olhos no meio da noite, também nos permitirá ganhar um pouco de autonomia nos iPhones equipados com um painel OLED. E mais especificamente no iPhone X, iPhone Xs e iPhone Xs Max.

Por quê ? Simplesmente porque os painéis OLED não precisam iluminar pixels para exibir preto. Quando necessário, eles apenas mantêm os pixels associados desligados.

E quando sabemos que a tela de um smartphone é um dos componentes que mais consomem energia, entendemos, claro, o interesse desses modos escuros.

Aqui estão os passos a seguir para mudar para o modo escuro:

  1. Traga o centro de comando.
  2. Pressione com força o controle deslizante de brilho.
  3. Toque no botão “limpar aparência” localizado na parte inferior.

Observe que também é possível ativar este modo através das configurações e, mais especificamente, através do menu “Brilho e Visor”.

Dica nº 2: ative a economia de energia

A plataforma móvel da Apple vem integrando um economizador de energia para algumas versões agora.

Quando ativado, o último silenciará o push no Mail e impedirá que os aplicativos sejam atualizados em segundo plano enquanto desativa certos efeitos visuais. O objetivo é, obviamente, limitar os recursos consumidos para ganhar autonomia.

Mais uma vez, esta função é muito acessível:

  1. Traga o centro de comando.
  2. Toque no ícone da bateria.

Tenha cuidado, no entanto, porque é possível que o ícone não esteja presente no centro de controle, sendo este último personalizável à vontade. Se for esse o caso, você terá que acessar as configurações do seu iPhone e acessar o menu dedicado ao Centro de Controle e abrir o menu chamado “Personalizar comandos”.

O economizador também pode ser encontrado no menu de bateria dedicado, um menu que também permite visualizar o status da bateria e acessar um painel abrangente dedicado à bateria do seu dispositivo. Dashboard que também indicará as aplicações que mais consomem energia.

Dica nº 3: Use (e abuse) do WiFi Assist

Eu provavelmente não diria nada dizendo que o 4G consome muita energia e que geralmente é melhor se conectar ao Wi-Fi para evitar ver sua bateria derreter como neve enquanto você dorme.

Único problema, tentativas de acessar uma rede WiFi de baixa qualidade ou fora de alcance também podem afetar a autonomia de nossos iPhones e foi exatamente isso que levou a Apple a desenvolver uma ferramenta muito útil, uma ferramenta chamada WiFi Assist.

Graças a este último, o iPhone usará automaticamente os dados do celular quando as velocidades da conexão WiFi estiverem a meio mastro.

Veja como habilitar o recurso:

  1. Vá para as configurações.
  2. Vá para o menu “Dados de celular”.
  3. Role para baixo até a parte inferior da tela.
  4. Verifique se o Assistente de Wi-Fi está ativado.

Dica nº 4: Limite a execução de aplicativos em segundo plano

O próprio iOS é relativamente bem otimizado e, portanto, a plataforma consome pouca energia. Infelizmente, a situação é bem diferente para os aplicativos instalados em seu smartphone.

Alguns deles consomem muita energia. Pior ainda, em alguns casos, eles continuam a atualizar em segundo plano e, portanto, quando você não os está usando.

Em um primeiro momento, será necessário fazer todos os esforços para identificar as aplicações que mais consomem energia. Para fazer isso, basta acessar as configurações e a seção dedicada à bateria.

Ao rolar para baixo, você poderá ver quais aplicativos estão consumindo mais a bateria do seu iPhone.

Em seguida, será necessário seguir os seguintes passos para evitar a atualização de aplicativos em segundo plano:

  1. Vá para as configurações.
  2. Vá para o menu “Geral”.
  3. Em seguida, abra o menu “Atualização em segundo plano”.
  4. Desative a opção tocando em “sim” ou…
  5. Desative a atualização para aplicativos de sua escolha.

Observe que o iOS oferece uma pequena sutileza. Se você puder desabilitar a atualização para todos os aplicativos, também terá a opção de ativá-la apenas quando o telefone estiver conectado ao Wi-Fi.

Se você digitar o “sim” da linha em questão, o iOS realmente mostrará opções adicionais.

Graças a esse truque, você pode solicitar que seu iPhone atualize aplicativos apenas quando estiver perto de uma rede WiFi e, portanto, em casa ou no escritório. Um lugar onde você deve ser capaz de encontrar facilmente uma tomada elétrica…

Dica # 5: Corte o dinheiro para Siri

A Siri pode ser útil em muitos casos, mas o assistente também tem a infeliz tendência de consumir muita energia devido à sua função de escuta permanente.

De fato, como você sabe, tudo o que você precisa fazer é dizer uma simples frase-chave para ativar o assistente e dar instruções. Mas agora, se essa função é bastante prática no dia a dia, ela também consome muita energia. Portanto, pode ser útil cortá-lo.

Ainda mais se você usá-lo no seu Mac. Mas tenha cuidado, porque se você desativar o comando no seu iPhone, também não poderá apreciá-lo com seus AirPods ou Powerbeats Pro.

Veja como desativar o recurso:

  1. Vá para as configurações.
  2. Abra o menu Siri e pesquise.
  3. Desative a opção chamada “Detectar ‘Hey Siri’”.

Dica nº 6: desative os serviços de localização

Não é nenhum segredo que os serviços de localização consomem muita energia e, portanto, podem ter um impacto muito negativo na autonomia dos nossos iPhones.

Se você não precisar do GPS do seu telefone, talvez valha a pena desabilitar esses serviços. De fato, muitos aplicativos os usam, mesmo em segundo plano.

Felizmente, o procedimento não é muito complicado:

  1. Vá para configurações (para alterar).
  2. Abra o menu “privacidade”.
  3. Toque em “Serviços de localização”.
  4. Desative o serviço tocando em “serviço de localização”.

Observe que a versão mais recente do iOS permite gerenciar as permissões concedidas a cada aplicativo. Portanto, pode ser útil ficar de olho neste menu para garantir que eles se comportem como deveriam.

Bônus: use o bom senso

Na computação, a maioria dos problemas está entre a tela e o encosto da cadeira. O mesmo vale para os smartphones, é claro.

Se você ativar todos os serviços e também aumentar o brilho do painel do telefone sem motivo, não se surpreenda se sua autonomia começar a derreter como neve ao sol.

O melhor conselho a seguir é, portanto, pensar em desativar o que você não usa.

Quer passar um esfregão pela França? Nesse caso, você também pode desligar o WiFi, pois estará usando principalmente dados de celular.

E funciona com tudo. Se você estiver trabalhando, provavelmente é melhor desativar as notificações do iPhone. Um, você estará mais focado. Dois, seu telefone consumirá muito menos energia e você não ficará sem água à noite quando sair.

Além disso, a esse respeito, saiba que o iPhone desativa automaticamente a exibição de notificações quando você o coloca com a face para baixo. Portanto, não será necessário navegar nas configurações da plataforma para cortá-las. Um simples gesto é suficiente.

Artigos Relacionados

Back to top button