6 coisas para fazer para evitar ser hackeado no WhatsApp

É difícil para outros serviços de mensagens competirem com o WhatsApp. Aliás, o aplicativo do Facebook é considerado referência e conta com mais de dois bilhões de usuários. Infelizmente, nos últimos anos, o serviço foi vítima de seu próprio sucesso.

O WhatsApp se tornou o alvo favorito dos hackers. Estes últimos exploram as falhas de segurança do aplicativo para atingir seus usuários e hackear seus dados pessoais. No entanto, o serviço de mensagens não poupa esforços em termos de segurança. Por exemplo, graças à criptografia de ponta a ponta, mensagens, fotos, vídeos, notas de voz e documentos trocados no aplicativo são protegidos automaticamente.

novo recurso whatsapp

Apesar disso, os hackers ainda encontram formas de contornar as medidas postas em prática pelo WhatsApp. Felizmente, existem truques para proteger sua conta.

Se você está preocupado com seus dados caindo em mãos erradas, aqui estão 6 coisas que você pode fazer para evitar ser hackeado no WhatsApp.

1/ Ative a verificação em duas etapas

Certamente, os hackers podem ter muitos recursos à sua disposição. Porém, isso sem contar com a vigilância do WhatsApp. Para proteger seus usuários, o serviço implementou um sistema de verificação em duas etapas que “aumenta a segurança da sua conta. »

Para evitar ataques de hackers, é aconselhável ativar esta opção. Quando ativo, “Qualquer tentativa de verificar seu número de telefone no WhatsApp deve ser acompanhada do PIN de 6 dígitos que você criou usando esse recurso. »

Para ativá-lo, primeiro você terá que acessar as “Configurações” do aplicativo. Em seguida, você precisará entrar no painel dedicado a “Conta” para selecionar a “Verificação em duas etapas”. »

2/ Usar identificação biométrica

O WhatsApp não economiza nos meios para garantir a proteção de seus usuários. Há algum tempo, o serviço de mensagens oferece a você uma opção baseada na identificação biométrica para proteger sua conta.

Se você estiver usando um iPhone com iOS 9 ou superior, poderá ativar o bloqueio de aplicativos por Touch ID ou Face ID. Conforme explica o WhatsApp, assim que essa opção for ativada, será necessário passar pela identificação biométrica para desbloquear o aplicativo.

Esse recurso pode ser acessado em “Configurações”. Você precisará ir para “Conta”, depois “Privacidade” e “Bloqueio de tela”. » Quando estiver nesta janela, você pode optar por usar o Face ID ou o Touch ID.

3/ Não salve seus chats na nuvem

Ter a capacidade de fazer backup de seus bate-papos na nuvem pode ser uma grande ajuda se você perder seu telefone. No entanto, você deve saber que as mensagens não são protegidas por criptografia de ponta a ponta.

Isso significa que, se a situação exigir, a aplicação da lei pode solicitar ao Google e à Apple que acessem os bate-papos que foram copiados para a nuvem. Para garantir a proteção da sua privacidade, portanto, é preferível desativar o salvamento automático de suas mensagens na nuvem.

Pode acontecer muito rapidamente. Você só precisará entrar nas “Configurações” do aplicativo e, em seguida, no painel “Discussões”. Rolando para baixo, você encontrará a opção “Backup de bate-papos”. » Tudo o que você precisa fazer é desativar o backup automático.

4/ Desativar recibos de leitura

O WhatsApp oferece a opção de ocultar recibos de leitura no aplicativo. Dessa forma, ninguém saberá que você leu as mensagens que eles enviaram para você. De acordo com o serviço de mensagens, essa é uma boa maneira de proteger sua privacidade.

No entanto, é importante salientar que esta opção não se aplica a mensagens em grupo.

“Os recibos de leitura não podem ser desativados para bate-papos em grupo ou para correio de voz. Não há como desativá-los”lemos no blog do WhatsApp.

Para desativar os recibos de leitura, você precisará tocar na opção “Configurações”, ir para o painel “Conta” e inserir “Privacidade”. Lá, você pode optar por desativar os recibos de leitura.

5/ Instale um antivírus no seu smartphone

Como você nunca pode ser muito cuidadoso, também pode optar por instalar um antivírus no seu smartphone.

Esta questão sempre foi objeto de grande debate. No entanto, nestes tempos e face às muitas ameaças a que estamos atualmente expostos, é importante considerar esta opção.

No mercado, atualmente existem muitos antivírus que você pode instalar gratuitamente em seu smartphone. Para ajudá-lo a escolher, convidamos você a descobrir esta pequena seleção de antivírus para celular, que também têm o mérito de serem gratuitos: Kaspersky Free Antivirus, Bitdefender Antivirus Free Edition, AVG Antivirus Free ou mesmo Avira.

6/ Evite baixar arquivos APK sem proteção

É importante ressaltar que instalar arquivos APK sem proteção pode representar um risco para a segurança da sua privacidade. Diante do sucesso do WhatsApp, muitas versões não oficiais do aplicativo surgiram na web.

Este último oferece aos usuários aproveitar recursos que não existem na versão oficial. Em 2019, o serviço de mensagens fez uma cruzada contra esses aplicativos de terceiros.

“Aplicativos não suportados, como WhatsApp Plus e GB WhatsApp, são versões modificadas do WhatsApp. Esses aplicativos não oficiais são desenvolvidos por terceiros e violam nossos termos.” lemos em um comunicado de imprensa.

O WhatsApp insistiu no perigo a que estavam expostos os usuários que optaram por instalar esses arquivos APK em seu smartphone:

“O WhatsApp não suporta esses aplicativos de terceiros porque não podemos validar suas práticas de segurança. »

De fato, esses arquivos podem ser usados ​​por hackers para acessar as mensagens privadas dos usuários ou coletar seus dados pessoais. Portanto, para não tentar o destino, é melhor não baixar esses arquivos APK no seu smartphone.

Artigos Relacionados

Back to top button