10 dicas muito práticas para evitar que seu telefone superaqueça no verão

No verão, os níveis de temperatura são muito elevados. Durante este período, o smartphones estão mais do que nunca expostos ao superaquecimento. Se forem projetados para operar entre 0 e 35°, com a onda de calor as temperaturas podem se aproximar de 40°. É, sem dúvida, uma situação caótica para essas soluções eletrônicas. Aqui estão as dicas que ajudarão você a evitar o superaquecimento e seus danos irreversíveis.


Resfriamento do telefone

1. Limite o uso do telefone

Uso excessivo de um smartphone o expõe ao superaquecimento. Este é um fato que parece mais evidente durante o verão, quando as temperaturas sobem. Adquira o bom hábito de ficar sem seu smartphone por um longo tempo. Mas se não puder, é melhor racionar seu uso. Evite jogar jogos exigentes ou iniciar longas sessões de streaming. Limite também as gravações de vídeo ou tirar fotos de alta resolução. Nas férias, é normal querer capturar memórias, mas faça isso com o estado do seu smartphone em mente. Todas as operações que exigem muito processador, placa gráfica e a bateria devem ser mantidos a um mínimo estrito.

2. Desligue as conexões sem fio e o GPS

Está provado que o Bluetooth, Wi-Fi e GPS são recursos que consomem muita energia. No verão, seu consumo pode aumentar em caso de ativação descontrolada. Se a bateria estiver constantemente sob pressão, o superaquecimento será inevitável. Recomenda-se desligar as conexões que não são mais necessárias após o uso. Seus processos em segundo plano consomem muita energia, mas não são essenciais para a operação do smartphone. O mais importante é não ative todas essas conexõess ao mesmo tempo.

3. Reduza o brilho

o brilho do ecrã é uma das maiores fontes de consumo de bateria do seu smartphone. Para evitar o superaquecimento no verão, seria melhor ajustá-lo a um nível adequado. Se você estiver dentro de casa, você pode diminuir o brilho. Ao ar livre, esse truque não será mais útil, pois você terá problemas de legibilidade. Mas evite elevar o nível ao máximo. Para não esquecer, ativar brilho automático que é regulado através do sensor de luz. Reforçar a economia de energia diminuindo a duração da luz de fundo. Você ganhará segundos de descanso para a bateria, que é um dos componentes mais expostos ao superaquecimento.

4. Feche os aplicativos em segundo plano

Tanto no Android quanto no iOS, muitos aplicativos são executados em segundo plano. Esses processos que consomem muita energia podem usar recursos de RAM, processador e bateria. o redes sociais e serviços de mensagensEsses são os aplicativos que mais saturam o telefone em segundo plano. Dependendo do seu sistema operacional, você pode usar o gerenciador de tarefas ou as configurações para forçar sua interrupção. Faça isso regularmente, pois alguns aplicativos são reiniciados automaticamente depois de um tempo.

5. Guarde bem o telefone no carro

No verão, o calor é mais insuportável dentro do carro do que fora devido à falta de vento. Nesta situação, os sentimentos de desconforto não se limitam aos humanos. O smartphone também pode ficar instável. a painel de controle é o primeiro lugar a evitar para armazenamento. Localizado abaixo do pára-brisas, fica exposto aos raios solares que são amplificados pelo efeito de aumento produzido pelo vidro. O calor aumentará e causará danos ao seu telefone. Se você usar o GPS, o melhor é apostar em um suporte que possa ser fixado junto às grades de ventilação. O porta-luvas e o porta-malas também são locais onde o calor está saturado.

6. Adote bons hábitos de carregamento

Os smartphones são muito propensos a superaquecimento durante o carregamento. Com carregamento rápido, o risco é maior. Durante o verão, mantenha a bateria em boas condições para não inchar ou até mesmo explodir. Durante o carregamento, é melhor deixe o smartphone em espera. O manuseio ao mesmo tempo aumentará sua temperatura. Adquira também um carregador original. Se estiver usando GPS no carro, o telefone não deve ser carregado. Isso equivale a combinar duas fontes de superaquecimento. Carregadores rápidos são práticos, mas planeje um adaptador AC normal (1 A) para complementá-los caso o nível de calor se torne crítico.

7. Remova o casco

o cascos são frequentemente usados ​​para tornar os choques menos prejudiciais ou para melhorar a aderência. Mas eles podem ser prejudiciais ao telefone no verão. Os cascos guardam no interior grande parte do calor emitido pelos componentes. Em caso de alta temperatura, pode ocorrer superaquecimento devido à má dissipação de calor. As conchas grossas não promovem a ventilação, o que é necessário para o smartphone no verão. Você pode optar por cascos mais finos, mas o melhor é ficar sem eles completamente até que a estação fique mais favorável novamente.

8. Reinicie o telefone em caso de anomalia

A maioria dos smartphones alerta o usuário quando a temperatura se torna insuportável. Na pior das hipóteses, o telefone pode desligar sozinho. Mas é mais seguro observar sinais de superaquecimento. O telefone pode ficar mais quente que o normal ou menos fluido. É possível que também tenha anormalidades inexplicáveis. Nesse caso, é melhor desligá-lo e esperar que ele esfrie antes de prosseguir com a reinicialização. Esta operação vai redefinir todos os processos fechando aplicativos em segundo plano. a reinício também pode corrigir avarias.

9. Evite deixar o telefone ao sol

Deixar os raios do sol agirem diretamente no smartphone pode ser prejudicial, principalmente no verão, quando o calor é intenso. Seja colocado no rosto ou nas costas, o risco de superaquecimento permanece. tela e os outros componentes são muito sensíveis a temperaturas excessivas. Se você estiver ao ar livre em uma praia, localize áreas sombreadas onde você possa armazená-lo. Coloque o telefone sob um guarda-chuva ou sob uma toalha irá mantê-lo fresco. Em um parque ou no jardim, prefira locais sombreados para não expô-lo ao sol.

10. Evite colocar o celular no bolso

Para proteger o smartphone dos raios solares, alguns usuários preferem guardá-lo no bolso de uma roupa. Mas continua sendo uma má opção principalmente quando se trata de calças jeans. Nesse tipo de bolso, o telefone carece muito de ventilação. Além disso, a temperatura do corpo humano associada ao calor ambiente só aumentará o risco de superaquecimento. É melhor coloque o telefone em uma bolsa para dar-lhe espaço e ar.

Artigos Relacionados

Back to top button